SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 16 de dezembro de 2017

Vídeo mostra momento em que criminosos atiram contra Fórum para matar juíza em Marau Inspetor da Polícia Civil estava em audiência durante o tiroteio, reagiu e capturou trio autor do ataque na cidade do norte gaúcho

Resultado de imagem para bandido tenta mata juiza no julgamento no rio grande dos ulk
Ousadia de bandido não tem limite. No RS, em plena audiência de custódia, policial presta depoimento como testemunha enquanto, na sala ao lado, dois criminosos chegam atirando para matar a juíza que havia condenado um outro bandido. Graças ao policial que reagiu, a juíza continua viva e os bandidos foram presos.

fonte:https://gauchazh.clicrbs.com.br/

WATCH: Tyrant Cop Knocks algemou a mulher inconsciente por nenhuma razão e mentiras sobre isso Um video horrível mostra que uma mulher que bateu o policial golpeia sua vítima no chão com tanta força que ela bateu inconsciente e deixou-se deitar em uma piscina de seu próprio sangue.

   mulher

Coldwater, MI - Em julho passado, Tiffany McNeil entraria na Cadeia do Condado de Branch em algemas apenas para sair na maca momentos depois, depois de ser brutalmente agredido por um policial e tocado inconsciente.
O que aconteceu enquanto McNeil, 31, estava sendo processado na prisão, esse dia fatídico agora é objeto de um processo federal alegando que a polícia usava força excessiva e depois mentiu sobre o que aconteceu. O incidente - no qual uma meia dúzia de policiais ficou de pé e observou seu irmão em azul esmagar o rosto de uma mulher algemada no pavimento - também foi capturado no vídeo.
"Foi uma conduta absolutamente flagrante, desagradável e semelhante a um bandido", disse o advogado da McNeil, Solomon Radner. "Você não espera isso dos policiais, e não deve ser tolerado".O policial que conhece a mulher, identificado no processo como Lewis Eastmead, é visto empurrando o rosto de McNeil para o muro de concreto por vários minutos. Durante todo o tempo, McNeil não é combativo e não resiste ao menos - sem mencionar, está algemada.
De repente, o oficial começa a pressionar seu rosto na parede com as duas mãos antes de puxá-la para trás e bater o rosto dela primeiro no chão de concreto. McNeil foi nocauteado imediatamente.
Durante o ataque à mulher restritiva, outros cinco policiais observaram enquanto seu irmão de azul degradava a moça empurrando o rosto para a parede e nenhum deles interveio quando ele a bateu no chão.Em uma imagem mais perturbadora, uma vez que a Eastmead percebe que McNeil é tocado inconsciente, ele rola sua vítima para revelar uma poça de sangue no chão, vindo do enorme corte na cabeça."Eu disse para você relaxar", o oficial grita, com o joelho agora nas costas de McNeil enquanto ela estava imóvel no chão.
Por quase 15 minutos, a polícia tentou a mulher inconsciente quando ela não respondeu ao concreto. Finalmente, EMTs chegam e levá-la para o hospital onde, segundo Radner, McNeil recebeu 17 pontos e foi tratado por uma concussão.
Depois de ser tratado no hospital, a polícia cobrou McNeil com um crime que resistiu a um policial. Para justificar essa acusação, a polícia então mentiu em seu relatório, alegando que McNeil estava sendo "combativo" e "resistiu ativamente a prisão", de acordo com o processo.
Obviamente, McNeil não estava sendo combativo, pois podemos ver claramente esse fato no vídeo. Ela não estava fazendo nada de errado quando Eastmead a atacou.
Radner explicou que a polícia trouxe a acusação contra ela para forçá-la a tomar um acordo de culpabilidade pela acusação de contravenção doméstica a que ela não pediu nenhuma disputa. A carga de resistência ao crime foi então descartada.
De acordo com a Detroit Free Press, Eastmead e cerca de uma dúzia de outros oficiais e supervisores de departamento de polícia, incluindo os oficiais que testemunharam o incidente, estão listados entre os réus, com alguns identificados pelo nome e outros listados como John Doe. McNeil também está processando a cidade de Coldwater.
Junto com a reivindicação de força excessiva, o processo alega a apreensão não razoável; abuso de processo e acusação maliciosa; que os outros policiais não conseguiram intervir "para evitar a violação dos direitos constitucionais da Sra. McNeil", e essa cidade não conseguiu visualizar, treinar e supervisionar adequadamente seus policiais. Procura pelo menos US $ 75.000 em danos.
Quanto a Eastmead, ele ainda é um policial na força de Coldwater.
Abaixo está um vídeo do que uma mulher abusando do predador faz quando é dada uma autoridade não controlada e não responde a ninguém.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Ator Carlos Vereza publica vídeo extremamente forte denunciando o governo PT e faz apelo ao povo

Resultado de imagem para Ator Carlos Verezza pede apoio popular a Sergio Moro e convoca povo para ir às ruas

Um homem decente, um ator sensacional e um cidadão exemplar. Artista que não tem medo de dar opinião e não finge que mora em Marte. O movimento popular contra o governo do Partido do Trabalhadores está engrossando e ganhando vozes significativas e de grande apelo popular.
O ator Carlos Vereza, que ganhou notoriedade quando interpretou na novela ‘O Rei do Gado’, o senador Caxias, um exemplo de político sério, honesto e incorruptível, é um destacado exemplo.
O ator que tornou-se, nas redes sociais, um combativo crítico do PT e do ex-presidente Lula, consegue transmitir na sua fala o equilíbrio entre a contundência e a serenidade, recentemente postou um novo vídeo onde faz sérias acusações e convoca o povo para ir às ruas no próximo dia 13 de março. Vereza, textualmente, pede também o apoio popular ao Juiz Sergio Moro para que este tenha condições de prender Lula.
De qualquer forma, fica claro que o movimento pelo impeachment da presidente Dilma Roussef deverá tomar corpo novamente, pois a pressão popular parece que será gigantesca. Vamos aguardar.
Assista ao vídeo:



FONTE:http://www.brasilsempt.com

Abatido, após vaias, Lula discursa e comete um condenável deslize (veja o vídeo)

Desconfortável, em função de um grupo de militantes da ‘Conlutas’ tê-lo vaiado e virado as costas no momento em que discursava durante o 33.º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), em Brasília, Lula cometeu um deslize fatal. Ele próprio se condenou.

É provável que entre a maioria dos militantes a tal fala de Lula tenha até passado despercebida, mas o fato é que aos poucos o ex-presidente, nos últimos tempos sempre pressionado, vai se entregando e perdendo seguidores.

No discurso, Lula, inflamado, vociferou:

‘Quem é o culpado de um jovem de 25 anos estar preso hoje? O que deram de oportunidade para ele quando ele tinha 8 anos? Se não dou educação, trabalho, essa criança vai fazer o quê da vida? A gente percebe que o dinheiro que se economizou na educação no passado está se gastando hoje para se fazer cadeia. E cada vez vai custar mais caro…’
Ora, esse personagem criado por Lula tinha dez anos quando o PT chegou ao poder e 24 quando Dilma sofreu o impeachment.

Portanto viveu o final de sua infância, toda a sua adolescência, e a sua juventude até o momento da prisão, sob o governo do PT.

Qual seria então a resposta para o questionamento de Lula – ‘Quem é o culpado de um jovem de 25 anos estar preso hoje?’

Você, leitor, é capaz de responder?

A conclusão é de que Lula está perdido, sem lenço, sem documento e sem rumo.

E o ‘golpe fatal’ está a caminho. Lula pressente, esperneia e fala bobagens.

Ao final de sua fala, fora de si, Lula garantiu para a platéia apática que voltará a governar o país.

(Texto de Gonçalo Mendes Neto)

Veja o vídeo:

fonte:https://www.jornaldacidadeonline.com.br

Zanin, o incansável "pateta", leva mais uma descompostura de Moro


Nesta quinta-feira (14) o juiz Sérgio Moro submeteu o advogado Cristiano Zanin a mais uma lição, sempre com forte embasamento jurídico.

Sérgio Moro indeferiu o pedido de suspeição contra ele, alegado pela defesa de Lula, em função de sua participação num evento da Petrobras.

O juiz da República de Curitiba, ao lado do juiz Marcelo Bretas, o titular da Lava Jato no Rio de Janeiro, fizeram palestra no “4º Evento Anual Petrobras em Compliance”.

Em razão da Petrobras ser parte no processo contra Lula, vez que foi vítima dos roubos perpetrados na era petista, Cristiano Zanin arguiu a suspeição do juiz por ter participado em evento de parte interessada nas ações contra o seu cliente.

Moro foi cirúrgico, afirmando que sua atuação “não gira exclusivamente em torno” de Lula e que não houve aconselhamento jurídico sobre a forma ou o conteúdo da atuação da Petrobras.

Foi uma simples palestra na maior empresa brasileira. Nada mais

Caso novamente recorra novamente, o que parece óbvio, será fatalmente mais uma derrota para a capenga banca que Zanin mantém com o sogro Roberto Teixeira, compadre e ‘laranja’ de Lula.

O advogado, incorrigível, parece querer afrontar a liberdade de ir e vir do magistrado.

Um digno ‘pateta’.
FONTE:https://www.jornaldacidadeonline.com.br/

O homem encarregado de trazer US$ 35 milhões de Kadafi para Lula abre o jogo (veja o vídeo)

  
Recentemente uma das principais revistas nacionais estampou como sua principal matéria uma importante revelação do ex-ministro Antonio Palocci: Lula recebeu 1 milhão de dólares do então ditador da Líbia Muammar Kadafi.

Dinheiro vermelho, manchado com sangue e fruto do comércio clandestino de armas, incluindo aquelas químicas e de destruição em massa, e do terrorismo.

Kadafi foi deposto e executado após 42 anos comandando um regime de horror na Líbia. Ditador sanguinário, submeteu seu povo a inomináveis torturas e silenciou os adversários com mão de ferro. Seu dinheiro sujo financiou grupos terroristas e também grupos políticos em vários países. Venezuela e Brasil entre eles.

Hoje sabemos que muito mais dinheiro de Kadafi esteve envolvido nesse projeto criminoso do PT.

O que o pastor Caio Fábio disse deve ser investigado com todo o rigor.
Abaixo, veja o vídeo:

Fonte:https://www.jornaldacidadeonline.com.br/

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Na Cena Do Crime, Advogado De Lula Se Assusta Com Sugestão De Sergio Moro

   
O juiz federal avaliou mudanças que devem ocorrer após fracassos na Petrobras.
Nesta última sexta-feira, 8 de dezembro, o juiz federal #Sergio Moro, responsável pelas investigações da Operação #Lava Jato, surpreendeu a todos quando compareceu na Petrobras, empresa conhecida por ser o ‘cenário’ de vários crimes de corrupção envolvendo políticos e empresários

O juiz deu dicas para evitar ainda mais o fracasso da empresa, sugerindo que a estatal aposte em tomar medidas de sempre avaliar o patrimônio dos grandes diretores da empresa, a fim de constatar, da maneira mais rápida e eficaz possível, indícios de corrupção.
Moro relatou que muitas mudanças ainda devem surgir para que o povo brasileiro se orgulhe da empresa.

O juiz enfatizou que se colocassem o número ‘R$ 6 bilhões’ em molduras espalhadas pela empresa, chamaria atenção dos funcionários para lembrar do resultado de diversas práticas corruptas que afetaram a Petrobras. Além do mais, o juiz recomendou que houvesse uma fiscalização nos fornecedores da empresa, ele lembrou de vários contratos fraudulentos com fornecedores e especifica que é necessário fazer uma averiguação sobre essas empresas que fazem serviço para a Petrobras.
O presidente da Petrobras, Pedro Parente, levou em consideração as falas de Moro e disse que avaliará as medidas a serem tomadas. Em defesa da empresa, Parente disse que neste últimos três anos, coincidentemente os três anos de Lava Jato, a Petrobras adquiriu medidas modernas para evitar novos crimes de corrupção e está buscando um caminho seguro e honesto.
Defesa de Lula se ‘assusta’ com posição de Moro
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, réu em várias ações penais pelas investigações da Operação Lava Jato, não teria gostado em nada da visita de Sergio Moro na Petrobras, e muito menos das dicas dadas pelo juiz em combate à corrupção. Moro esteve presente na empresa devido a um evento promovido.

Segundo o advogado Cristiano Zanin, a presença de Moro “não é aceitável”, devido o juiz estar visitando “partes de um processo”. O advogado frisa que um juiz deve manter distância das partes a que lhe cabem julgar. O advogado de Lula disse que Moro deu “conselhos jurídicos” e que isso poderia levá-lo a uma suspeição.
Desta forma, Cristiano Zanin reafirmou, como Lula faz questão de destacar em seus discursos, que Sergio Moro estaria agindo com parcialidade nos casos que julga, prejudicando ferozmente o ex-presidente, alvo de vários processos que tramitam na Justiça do Paraná.
fonte:https://www.noticiasbrasilonline.com.br

Lula acaba de anunciar viagem para a África em janeiro. É a fuga...


Nesta quarta-feira (13), logo após o término de um encontro petista em Brasília, o ex-presidente Lula anunciou que tem agendado para o dia 26 de janeiro de 2018 uma conferência sobre ‘combate a fome’ na África, dois dias após o julgamento de seu recurso no TRF-4, o que significa que estará levantando voo justamente no dia 24.

Lula disse ainda que a conferência está sendo organizada pela União Africana e pela FAO e que contará ainda com a participação de ex-presidentes da Nigéria e de Gana.

Desta feita, a Odebrecht não irá pagar nenhum centavo pela palestra do meliante petista.

Lula, quem diria, irá palestrar ‘de graça’.

Ninguém no PT tinha conhecimento desta agenda de Lula, até mesmo porque o mês de janeiro estava reservado para a complementação das tais ‘caravanas de Lula pelo Brasil’.

É certamente o plano de fuga
.
fonte:https://www.jornaldacidadeonline.com.br

Universal ‘Sujou’ Mãe Dos Netos De Edir Macedo Para Que Fossem Adotados, Diz TV Portuguesa

   
Igreja Universal do Reino de Deus teria descredibilizado a mãe biológica dos netos do pastor Edir Macedo para supostamente deixá-las em “situação” de adoção. A denúncia foi tema da segunda reportagem da série “O Segredo dos Deuses”, exibida na noite desta terça-feira (12), pela emissora portuguesa TVI. O Ministério Público de Portugal investiga o caso desde a semana passada.
Segundo a denúncia, a mulher, identificada como “Maria”, deixava os filhos Vera, Luís e Fábio no Lar da Universal enquanto trabalhava. A versão da história que chegou à Santa Casa da Misericórdia, e depois ao Tribunal de Família e Menores, teria sido plantada pelo pastor.“Maria seria soropositiva e toxicodependente. Afastar Maria era essencial para que se cumprisse a vontade de Edir Macedo: levar aquelas crianças para os Estados Unidos para a filha Viviane Freitas”.
+ Netos de Edir Macedo negam adoção ilegal; Universal é investigada
A reportagem garante que este foi o motivo que fez Maria ser “constantemente impedida de visitar os filhos”. Ela sempre ouvia que “os filhos não estavam porque tinham ido passar o fim de semana com uma funcionária ou porque tinham outras atividades. Certo é que Maria assinou o livro de visitas apenas uma vez: um livro que desaparecia de cada vez que ela chegava ao Lar”.
Tal livro seria fundamental para atestar do interesse dos pais pelos filhos. Conforme a emissora, se o livro não for assinado pelos pais no período de seis meses, os filhos sãi entram para a lista de adoção. “Naquela altura, era-nos dito que os pais não podiam assinar o livro. Era negado, não tínhamos ordem para dar o livro aos pais”, garante à TVI uma ex-funcionária do Lar da IURD, identificada como Ana.
De acordo com Ana, Maria continuava a visitar os filhos e chegou a ir à polícia. O caso nunca chegou ao tribunal e a mãe biológica foi impedida de ver os filhos.
Num ápice, estava provada a tese de abandono e rapidamente o Lar sugeriu que uma pessoa ficasse com a guarda das crianças; uma pessoa que diziam ter uma relação com estes irmãos; uma pessoa que mal os conhecia e que tinha uma única missão: levá-los para os Estados Unidos e entregá-los à filha do bispo Edir Macedo. E assim fez, mesmo que não houvesse autorização para que vivessem fora do país e o tribunal continuasse a permitir as visitas dos pais.
A TVI promete apresentar como Viviane e o marido, Júlio Freitas, que não tinham idade para adotar, conforme lei portuguesa, nem moravam no país conseguiram ficar com as crianças. A Universal negou, em comunicado, as acusações. Vera e Louis aparecem, inclusive, em vídeo lançado no canal oficial da igreja no YouTube.
“Queremos dizer à TVI que não é justo, de forma nenhuma, o que eles estão fazendo conosco. E queremos o direito de resposta”, pede Louis, no vídeo. A Igreja Universal tem hoje nove milhões de fiéis, espalhados por 182 países, 320 bispos e cerca de 14 mil pastores.

Lula: “Caráter A Gente Tem Ou Não Tem. E Eles, Gebran, Moro, Têm Que Saber Que Estão Lidando Com Uma Pessoa Que Tem Muito Caráter.”

   
Lula, agora, em Brasília, sobre a marcação da data do julgamento do caso do triplex para 24 de janeiro no TRF-4:
“Eu passei a minha vida inteira chamado a Justiça de morosa. Agora que eles apressaram, eu não vou criticá-los. Para mim, eles fazem o que eles quiserem. A única coisa que eu quero é que todos eles leiam o processo.”O ex-presidente disse também:
“Caráter a gente tem ou não tem. E eles, Gebran, Moro, têm que saber que estão lidando com uma pessoa que tem muito caráter.”
via: o antagonista

Comentarios