SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 23 de maio de 2016

A segunda-feira começa azeda para o presidente Michel Temer.




Em conversa gravada com Sérgio Marchado, um dos investigados, peemedebista sugere dá a entender que governo Temer teria como controlar operação

A segunda-feira comeca azeda PARA O presidente Michel Temer. Lá ESTÁ ELE COM UM pepinaço Na Mão. Gravações Que vieram de uma Público CRIAM UM belo constrangimento a Romero Jucá, ministro do Planejamento e hum dos Homens fortes do Governo. De verdade, O Que VEM à Luz e mera Conversa Mole, mera bravata. Mas vai causar hum bom rebuliço. Por quê?

Reportagem da Folha Traz Trechos de conversa between Jucá e Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, Que É investigado há petrolão. Num dado momento, sugerindo Que a RESPOSTA Para um Lava-Jato E Política, Diz Jucá: "Sé e Politico, Como E a Política? Tem Que resolver ESSA porra. Tem Que Mudar o Governo para estancar ESSA sangria ".

E Machado emenda Mais Adiante:
"Eu Acho o Seguinte, um SAÍDA [Pará Dilma] E OU Licença OU Renúncia. A Licença e Mais suave. O Michel forma hum Governo de União Nacional, Faz hum grande according, protege o Lula, Mundo protegido TODO. Esse país volta à calma, ninguem aguenta Mais. "

Entao vamos ver
Venham cá, amiguinhos! Voces Acham Que, a ESTA altura do campeonato, DA parágrafo deter um Lava-Jato, parágrafo ControlA-la, parágrafo Bota-la soluço Uma Gerência? Acredito Que, se fosse Possível, o Governo anterior térios Encontrado OS Meios, NÃO E MESMO?

Mais: para quê se realizasse tal intento, seria Preciso COMBINAR COM OS Russos. Teriam de Participar da Conspiração OS procuradores de Curitiba, Rodrigo Janot, o juiz Sérgio Moro e Toda a Fatia da Polícia Federal envolvida na Investigação. Até o Lula térios de conspirar com Toda ESSA turma. Acontecer Sabe-se that ISSO NÃO vai.

ASSIM, de saida, that Fique claro: NINGUEM ControlA A LAVA-JATO. Quem Disser Que PODE faze-lo ESTÁ Contando Uma lorota. Sem that concerne Ao Governo Michel Temer, uma decisão essencial Já foi Tomada. E em favor da Independência da Operação: O Ministro Alexandre de Moraes (Justiça) convidou Leandro Daiello, Diretor-Geral da Polícia Federal, um Continuar sem carga. Quem quería substituí-lo era Eugênio Aragão, Ultimo ministro da Justiça de Dilma.

Quem Diálogos ler OS vai perceber Que há Certo tom de Ameaça na fala de Machado. ELE Sugere Que, se CAIR, PODE Levar hum monte de gente Junto. E Bem provável that Jucá estivesse Falando APENAS Para acalmá-lo.

Que Acontece, em Política, a version fazer Fato e Mais Importante do Que o PRÓPRIO. Do Ponto de vista, digamos, penal, a fala de Jucá e Machado e irrelevante. Do Ponto de vista Político, sepultura E, sim. E Jucá faria hum bem à Temer se deixasse o Governo. Embora, com Efeito, ELE POSSA nada contra a Operação.

Lula Já Prometeu
de: Não Custa Lembrar Que o PRÓPRIO Lula, na Conversa Que manteve com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, divulgada cabelo juiz Sérgio Moro, Afirma o Seguinte Sobre os procuradores da Lava-Jato:
"Eu Acho Que Eu sou um that oportunidade Esse país TEM de brigar com enguias pra tentar colocá-los no lugar Seu devido. Ou SEJA, NOS criamos Instituições serias, mas TEM that ter limites, TEM Que Ter Regras ".

Ou POR Outra: Lula quería Ser ministro parágrafo Controlar a Operação, parágrafo Pôr uma turma "não Seu devido lugar". TAMBEM ELE achava that pódios. Jucá Acena parágrafo Machado com a MESMA possibilidade. Era bravata de Lula. E bravata de Jucá. Mas e dai?

Dilma NÃO Caiu Só por causa das pedaladas. Dilma NÃO Caiu Só por causa do petrolão. Dilma NÃO Caiu Só por causa do Desemprego. Dilma NÃO Caiu Só por causa da recessão. Dilma NÃO Caiu Só por causa dos Juros altos. Dilma NÃO Caiu Só por causa da INFLAÇÃO. Dilma NÃO Caiu Só por causa de SUA incapacidade de entendre OS Problemas Brasileiros.

Dilma Caiu Pela conjugação de todos sos Fatores. Mas E Evidente that o endosso da esmagadora maioria da População à Lava-Jato ea indignação com a roubalheira ocuparam papel central.

E forçoso Que o presidente fale um Respeito, or pessoalmente ou ou POR intermedio de porta-voz OU nota. Em Seu Lugar, convidaria parágrafo ladear-me num pronunciamento oficial o procurador-Geral da República EO Diretor-Geral da Polícia Federal. E deixaria claro Uma Vez Maïs país AO: "Estes Homens estao no topo das Investigações e SABEM that NÃO movi NEM moverei Uma palha parágrafo obstruí-la".>>>>>>fonte veja.com



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
.

O grande acordo para melar a Lava Jato

A Folha de S. Paulo teve acesso a conversas gravadas entre Romero Jucá e Sérgio Machado, operador do PMDB na Transpetro.
As conversas são de dois meses e meio atrás, antes do impeachment.
Eles discutem qual é a melhor maneira de delimitar a Lava Jato.
“Delimitar” foi o termo usado por Romero Jucá.
Eles concordam que o impeachment poderia permitir um “grande acordo”, “com o Supremo, com tudo”.
Leia aqui:
"SÉRGIO MACHADO - Mas viu, Romero, então eu acho a situação gravíssima.
ROMERO JUCÁ - Eu ontem fui muito claro. [...] Eu só acho o seguinte: com Dilma não dá, com a situação que está. Não adianta esse projeto de mandar o Lula para cá ser ministro, para tocar um gabinete, isso termina por jogar no chão a expectativa da economia. Porque se o Lula entrar, ele vai falar para a CUT, para o MST, é só quem ouve ele mais, quem dá algum crédito, o resto ninguém dá mais credito a ele para porra nenhuma. Concorda comigo? O Lula vai reunir ali com os setores empresariais?
MACHADO - Agora, ele acordou a militância do PT.
JUCÁ - Sim.
MACHADO - Aquele pessoal que resistiu acordou e vai dar merda.
JUCÁ - Eu acho que...
MACHADO - Tem que ter um impeachment.
JUCÁ - Tem que ter impeachment. Não tem saída.
MACHADO - E quem segurar, segura.
JUCÁ - Foi boa a conversa mas vamos ter outras pela frente.
MACHADO - Acontece o seguinte, objetivamente falando, com o negócio que o Supremo fez [autorizou prisões logo após decisões de segunda instância], vai todo mundo delatar.
JUCÁ - Exatamente, e vai sobrar muito. O Marcelo e a Odebrecht vão fazer.
MACHADO - Odebrecht vai fazer.
JUCÁ - Seletiva, mas vai fazer.
MACHADO - Queiroz [Galvão] não sei se vai fazer ou não. A Camargo [Corrêa] vai fazer ou não. Eu estou muito preocupado porque eu acho que... O Janot [procurador-geral da República] está a fim de pegar vocês. E acha que eu sou o caminho.
[...]
JUCÁ - Você tem que ver com seu advogado como é que a gente pode ajudar. [...] Tem que ser política, advogado não encontra [inaudível]. Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra... Tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria.
[...]
MACHADO - Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel [Temer].
JUCÁ - Só o Renan [Calheiros] que está contra essa porra. 'Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha'. Gente, esquece o Eduardo Cunha, o Eduardo Cunha está morto, porra.
MACHADO - É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional.
JUCÁ - Com o Supremo, com tudo.
MACHADO - Com tudo, aí parava tudo.
JUCÁ - É. Delimitava onde está, pronto".
fonte:http://www.oantagonista.com
Postar um comentário

Comentarios