SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 10 de maio de 2016

Discussão jurídica: Fiz o que qualquer um faria, diz Cardozo


O ministro da AGU (Advocacia-Geral da Unio), Jos Eduardo Cardozo, disse em entrevista coletiva nesta segunda (9) que se encontrou duas vezes com o presidente interino da Cmara, Waldir Maranho (PP-MA), antes da deciso dele de anular a sesso de votao da Cmara que aprovou o impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Segundo ele, o primeiro encontrou se deu na sexta-feira (6), quando ele cobrou de Maranho que decidisse sobre o pedido feito de anulao da votao por causa de erros cometidos pelo presidente afastado da Cmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que no deu direito defesa de se manifestar e permitiu que os partidos orientassem suas bancadas a votar de determinada maneira.
O segundo encontro ocorreu no domingo (8) noite quando, segundo ele, Maranho –aps pedir orientao ao governador do Maranho, Flvio Dino– pediu mais informaes a ele sobre o pedido, mas no falou que deciso tomaria. Cardozo disse que s soube da deciso de Maranho nesta manh e defendeu que essa uma ao comum de um advogado.
“Fiz o que qualquer um faria”, afirmou Cardozo.
Ao saber que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) continuaria o processo de impeachment ignorando a deciso de Maranho, Cardozo afirmou que no decidiu se vai entrar na Justia contra o ato do presidente do Senado. Mas criticou o ato.
fonte:http://www.novidadenew.com/
Postar um comentário

Comentarios