SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Domingão do Faustão dá direito de reposta a casal cuspido


Neste domingo, 1º de maio, o casal cuspido pelo ator José de Abreu na semana retrasada, pediu direito de resposta ao 'Domingão do Faustão', que no dia 24 exibiu ao vivo uma entrevista com o ator filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) contanto a sua versão sobre o triste episódio. O casal disse que o pronunciamento seria apenas por aquela nota e que queriam virar a página do acontecido. 

Na nota lida por uma bailarina do programa, o casal informou que recebeu inúmeros convites da imprensa para contar a sua versão, mas o objetivo é superar o lamentável momento vivido em um restaurante de São Paulo. No programa de Faustão, Gravado antecipadamente, a bailarina Renata Longaray leu o posicionamento do homem e da mulher, um advogado e uma modelo. 

Em um dos pontos, o casal disse que a reação do "senhor José de Abreu" pode ter acontecido por conta do atual momento político do país, mas que nenhum tipo de comentário político dá a ele o direito de ter atitudes que vão de contra a civilidade. Fausto Silva não quis comentar a nota enviada a seu programa e pressionado pelas críticas e repercussão negativas, concedeu o direito de resposta que foi lida em cerca de um minuto. Na semana anterior, Abreu ficou mais de vinte minutos falando sobre o assunto. Ele disse vários palavrões e concluiu que não se arrependia do que fez. Abreu acusou ainda a mulher que ele cuspiu de "machista", pois ela teria chamado sua esposa de "vagabunda". Na versão do ator, ele e sua esposa jantavam em um restaurante japonês de São Paulo, quando começaram a receber ofensas de um casal que estava sentado ao lado. O petista teria sido chamado de ladrão por fazer fortes defesas da presidente Dima Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Áudios e vídeos sobre o momento do embate entre as partes caíram na internet. Um dos conteúdos comprova que existiu o xingamento. Já um vídeo mostra Abreu cantando o hino nacional e em seguida cuspindo nos dois. Revoltado, o advogado se levanta e tenta agredir o ator, mas é contido por um dos funcionários do restaurante japonês. 

Na Globo, embora o episódio não tenha sido tratado oficialmente, fontes avaliam que o ator não deveria ter recebido a cobertura que recebeu no programa dominical para tratar do episódio. Executivos avaliam que o ator ficará um bom tempo afastado das telas para minimizar o efeito negativo das cusparadas. O ator encerrou recentemente uma participação na novela das nove "A Regra do Jogo". 
Postar um comentário

Comentarios