SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 21 de maio de 2016

Fã tenta matar Ana Hickmann em hotel de BH; atirador morreu

Tentativa de assasinato Caesar Business
Rapaz entrou armado no hotel e rendeu o empresário de Hickmann para ter acesso ao quarto da modelo
A apresentadora Ana Hickmann foi alvo de uma tentativa de assassinato por disparos de arma de fogo na tarde deste sábado (21), dentro do Hotel Caesar Business, no bairro Belvedere, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Hickmann não foi atingida e passa bem. No entanto, a sua assessora, Giovana Alves de Oliveira, foi alvejada por dois disparos - um no braço e outro na barriga - e encaminhada para o hospital Biocor, no bairro Vila da Serra, também na região Centro-Sul, onde passa por uma cirurgia. O atirador foi morto pelo empresário da modelo, Gustavo Henrique Correa, irmão do marido de Hickmann, que conseguiu tomar a arma do suspeito. 

Ainda conforme a PM, o atirador seria um fã de Ana Hickmann e estava hospedado no hotel, no quarto 1.305. Ele rendeu o empresário da apresentadora no elevador e o obrigou a levá-lo até o quarto onde Hickmann encontrava-se com a assessora.

"O cidadão de nome Rodrigo forçou a entrada no quarto e mandou que os três (Ana Hickmann, Giovana e Gustavo) ficassem de costas virados para a parede. Gustavo tentou argumentar com o suspeito, que falava uma série de palavras desconexas. Em determinado momento, o Rodrigo atirou duas vezes e atingiu a Giovana. O Gustavo entrou em luta corporal com o rapaz e pediu para que as duas saíssem do quarto", explicou o capitão Flávio Santiago, da PM.

Durante o embate com o homem, Gustavo, em posse da arma, disparou três vezes. "Ele viu que o cidadão (suspeito) caiu, desceu para o hall e entregou na recepção um revólver calibre 38. Essas são as versões dos envolvidos", afirmou Santiago.
O atirador

Rodrigo Augusto de Pádua, 30, de Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, é o rapaz que tentou matar Ana Hickmann. Helisson Augusto de Pádua, irmão de Rodrigo, foi surpreendido pela notícia. "Meu irmão nunca teve nenhum problema. Ele só fazia academia e ficava dentro de casa. Ele falou comigo que vinha para Belo Horizonte para conhecer a cidade e estava hospedado num hotel perto do Caesar Business. Ele não tem e nunca teve arma. Nunca imaginei que ele fosse fazer isso", disse.
 

FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK
Rodrigo Augusto de Pádua
Rodrigo Augusto de Pádua tentou matar Ana Hickmann
fonte:http://www.otempo.com.br/
Postar um comentário

Comentarios