SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Senador evangélico Magno Malta, critica a Lei Rouanet: “Mamatório da Cultura”

Senador evangélico Magno Malta, critica a Lei Rouanet: “Mamatório da Cultura”


Senador Magno Malta quer saber quais os critérios, quantos foram beneficiados com a Lei Rouanet do Ministério da Cultura e quanto a Petrobras deu para estes chamados incentivos aos artistas. “Vou fundo para apurar o verdadeiro objetivo deste mamatório, que deixou o Brasil indignado”, disse Magno.
Quando o secretário de Cultura do Governo Collor de Mello, Sergio Paulo Rouanet pediu a criação da lei de incentivo à Cultura, tinha como objetivo preservar os museus, o folclore e a música clássica. “Mas hoje a realidade é outra, a Lei Rouanet patrocina circo internacional que cobra um salário mínimo para o brasileiro assistir, shows sertanejos, livro de culinária e projetos de cunho pessoas de pessoas influentes do Partido dos Trabalhadores. É um mamatório e vamos investigar”, disse Magno no Congresso Nacional.
O volume de verba, segundo o senador é assustador e tem um elo com o escândalo da Petrobras. “Desta forma, para antes de investigar mais profundamente, protocolei dois pedidos para conhecer a realidade do Ministério da Cultura com seus incentivos políticos e o dinheiro da Petrobras neste chamado circuito de Show Business, fugindo totalmente ao objetivo para que foi criado”, explicou Magno Malta.
Eu seu pronunciamento, explicando a um internauta, que desconhecendo a carreira artística do senador Magno Malta – cantor e apresentador de TV – afirmou que ele não entende de cultura para entrar neste mérito. “Talvez não entendo de cultura, mas entendo de desemprego, de corredores de hospitais lotados e uma crise econômica séria e bilhões sendo usado em nome da cultura para beneficiar poucos influentes. Não entendo desta cultura, mas entendo de desgoverno”, respondeu Malta em plenário.
Nas redes sociais, senador Magno Malta tem recebido muitos pedidos e apoio para investigar a chamada Lei Rouanet. “O clamor popular é forte e tenho o dever de atender. Quero total transparência neste desgoverno em nome da cultura e vamos acabar com o mamatório, não adianta chorar, pode reclamar, mas quem paga a conta é o povo e defendo os interesses do Brasil”, finalizou Magno Malta.
========
Origem (cópia fiel): CNN Gospel 
========
* O Projeto Missão em Cristo não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria.
Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião do Projeto Missão em Cristo.
fonte:http://missaoemcristo.com/

Postar um comentário

Comentarios