SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 31 de maio de 2016

SENADORA 'DILMISTA' É DESCONVIDADA DE PROGRAMA DA TV BRASIL APÓS AÇÃO DE TEMER Presidente da república mudou gestão da EBC e profissionais foram demitidos

Senadora Vanessa Grazziotin - PC do B - AMA Senadora Vanessa Grazziotin, eleita pelo PC do B do Amazonas, passou por uma situação desconfortável nesta terça-feira, 24. Ela foi desconvidada de um programa da TV Brasil, canal público controlado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A Congressista ficou mais conhecida recentemente por fazer discursos a favor da presidente afastada Dilma Rousseff. O tom duro contra o impeachment fez ela ganhar nas redes sociais o apelido de 'Dilmista', assim como outros nomes do Congresso, como Lindbergh Farias, do PT carioca.
 Atualmente, Vanessa Grazziotin é considerada de oposição ao governo do presidente em exercício Michel Temer, que exonerou Ricardo Melo, então presidente da EBC. De acordo com um site vinculado ao Partido dos Trabalhadores (PT), Vanessa participaria do programa 'Espaço Público', atração até então apresentada pelo comunicador Paulo Moreira Leite. Este teve o seu contrato suspenso com o canal e não pôde entrevistá-la. 
A gravação do programa 'Espaço Público' aconteceria nesta terça-feira. No lugar da conversa com a Congressista, a TV Brasil preferiu exibir outro material previamente gravado, uma conversa com Lygia da Veiga Pereira, conhecida geneticista do Rio de Janeiro. A atração foi exibida normalmente por volta das 23h no horário de Brasília, mas sem a Senadora que diz que o impeachment da presidente Dilma é um "golpe parlamentar".Me disseram que o apresentador foi suspenso e que não faria o programa. Eu pensei: 'E será que outro profissional não pode me entrevistar?'", reclamou a Senadora em entrevista a um site ligado ao Partido dos Trabalhadores. Em comunicado ao site partidário, a EBC disse que o apresentador do programa em questão foi suspenso do trabalho, pois está existindo da empresa uma nova direção após mudanças no comando da entidade. Além de Paulo Moreira Leite, nesta terça-feira, 24, o jornalista Sidney Rezende, que apresentava um programa na 'Rádio Nacional' confirmou ao 'UOL' que também teve contrato suspenso. 
A ação ocorre sob influência do novo jeito de pensar a comunicação dopresidente em exercício Michel Temer. 
Postar um comentário

Comentarios