SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 14 de junho de 2016

Banda Resgate cancela show após saber que seria pago pela prefeitura A decisão da banda foi bastante elogiada pelo público nas redes sociais

maxresdefault
maxresdefault
A banda Resgate resolveu cancelar a sua participação no 2º Festival Gospel de Anápolis (GO) após tomar conhecimento de que o dinheiro do evento seria um repasse da prefeitura.
A decisão foi divulgada na última sexta-feira (10) através de uma nota divulgada pela Amplitude A Produções LTDA, representante legal da banda Resgate.
Segundo a nota, os integrantes da banda não tinham conhecimento de que a Prefeitura de Anápolis era quem pagaria pelas despesas do evento no ato da assinatura do contrato.
O texto diz que a decisão de cancelar a participação do Festival tem como “objetivo de resguardar a imagem da banda” por conta dos questionamentos que a própria população tem feito a respeito deste evento que irá tirar 189 mil reais da Prefeitura.
“Ressaltamos que em nenhum momento fomos informados que o evento seria pago integralmente com verba paga pela Prefeitura da cidade”, encerra a nota que pode ser lida no site Portal 6.
Entenda o caso
O 2º Festival Gospel de Anápolis está marcado para os dias 23, 24 e 25 de junho. O evento terá as eliminatórias do concurso Gospel de Talentos e também a participação de bandas já conhecidas do cenário gospel: Banda Resgate, Kleber Lucas e Disco Praise.
Acontece que o Diário Oficial do Município do dia 3 de junho divulgou o repasse de R$ 189 mil para a realização do evento, gerando grande indignação por parte dos moradores da cidade.
Segundo o site Portal 6, a Prefeitura de Anápolis é comumente questionada a respeito dos valores dados a eventos religiosos. Em março o Município teria repassado quase R$ 150 mil para o COMEPE (Assembleia de Deus de Anápolis), UMADA (Assembleia de Deus Madureira) e para a Diocese de Anápolis.
Com informações Gospel Prime
Postar um comentário

Comentarios