bate papo FMESPERANÇANOSSA

SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

domingo, 26 de junho de 2016

Cientistas descobrem que assim que morremos, centenas de genes são ativados e tentam ressuscitar o corpo por 2 dias!

necroterio
Os biólogos moleculares Peter Noble e Alex Pozhitkov, publicaram os resultados de uma pesquisa indicando que mesmo depois da morte, centenas de genes começam a funcionar e essa atividade toda continua por pelo menos 48 horas.
Para chegar a esta conclusão os biólogos acompanharam a atividade nuclear das células de peixes-zebra e camundongos assim que estes animais foram mortos. A concentração de RNA mensageiro, foi monitorada por 2 dias. Como já se esperava, RNA mensageiro diminuiu progressivamente na imensa maioria dos genes. No entanto, algumas centenas de genes tiveram picos post mortem.
Alguns destes genes ativados post mortemtêm relação com o desenvolvimento do feto, e se desligam assim que se inicia o trabalho de parto. Isso quer dizer que algo que era importante no desenvolvimento fetal, volta a funcionar assim que morremos. Outra descoberta interessante foi que alguns destes genes ativados depois da morte, estão relacionados ao câncer.
Na verdade, um artigo de 2013 publicado na Forensic Science International, já revelou que alguns genes ficam ativos por pelo menos 12 horas após a morte em humanos que foram mortos por trauma múltiplo, ataque cardíaco ou asfixia.  Os cientistas acreditam que muitos desses genes estejam envolvidos numa espécie de operação de ressuscitação.
central-dogma-enhanced
Mas aí vem a pergunta: Se não há vida, por que tantos genes acordam após a morte? Os autores do estudo acham que muitos destes genes são ativados como parte de processos fisiológicos que ajudam na cura ou ressuscitação após uma grave lesão. Isso quer dizer que após a morte, algumas células podem ter energia suficiente para alavancar os genes responsáveis por proteger o corpo em um processo inflamatório, o mesmo que fariam se o corpo estivesse vivo.
Esta pesquisa, certamente, levanta questões importantes sobre a definição de morte, normalmente dita como a suspensão dos batimentos cardíacos, atividade cerebral e respiração. Além disso, parece um pouco estranho que uma pessoa seja enterrada quando os seus genes ainda lutam por uma ressurreição…
fonte:http://diariodebiologia.com

Postar um comentário

Comentarios