SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

domingo, 5 de junho de 2016

Conheça Alexandra Andresen, a bilionária mais jovem do mundo, de 19 anosFortuna da norueguesa, avaliada em 1,2 bilhão de dólares, está atrelada à participação que ela detém da empresa de investimentos Ferd, criada por sua família

Alexandra possui 42,2% de participação na empresa de sua família(@alexandraandresen/Instagram)

Com apenas 19 anos, Alexandra Andresen é a bilionária mais jovem do mundo. A herdeira da empresa de investimento Ferd entrou para a lista de bilionários da Forbes em 2016 pela sua participação na companhia, da qual detém 1,2 bilhão de dólares em ações. A empresa está avaliada em 3 bilhões de dólares.

Alexandra e sua irmã Katharina, um ano mais velha, possuem 42,2% de participação na empresa privada. Apesar da fortuna, as duas têm uma vida relativamente normal em Oslo, onde vivem.

As autoridades fiscais do país publicam anualmente os números de retorno dos impostos. Isso significa que, desde que chegaram à idade adulta, as jovens tiveram seus nomes e fortunas divulgados pelas entidades norueguesas.

Em uma entrevista a um canal de TV do país, Katharina disse que havia recebido 500 novos pedidos de amizade no Facebook em 2014, quando os dados de sua riqueza foram divulgados.A Ferd, cujo nome vem do norueguês e significa "viagem", foi fundada em 1849, quando o tataravô de Alexandra e Katharina comprou a fábrica de tabaco JL Tiedemanns. A aquisição que levou a empresa a ser a líder na produção de cigarros no país por mais de 150 anos. A família permaneceu no mercado de tabagista até 2005, quando vendeu sua participação para Skandinavisk Tobakskompagni por quase 500 milhões de dólares.

Hoje, a Ferd é uma holding com interesses variados, abrangendo participações de private equity, imóveis, investimentos em títulos e hedge funds (especializados no investimento em ativos considerados mais arriscados).

Johan H. Andersen, pai das irmãs e presidente do conselho, membro da quinta geração da família de empresários, possui 15,2% das ações da Ferd, mas ainda tem 70% dos votos.
fonte:http://veja.abril.com.br
Postar um comentário

Comentarios