bate papo FMESPERANÇANOSSA

SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Eduardo Cunha avisa a Michel Temer que, se cair, leva deputados e aliados

Eduardo Cunha, sua esposa e a filha estão na mira de processos na JustiçaEduardo Cunha, sua esposa e a filha estão na mira de processos na Justiça
O presidente afastado da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) enviou um recado ao presidente interino, Michel Temer (PMDB). Ele indica que, se cair, pode levar junto outros 150 deputados federais, um senador e um ministro próximo ao correligionário. Michel Temer tem sido pressionado para se afastar do deputado.
Informações da Coluna do Estadãopublicada no jornal paulista neste domingo, dão conta de que Eduardo Cunha estaria se negando a renunciar à presidência da Casa, para não ser preso. 
Na semana passada, a esposa Cláudia Cruz se tornou ré em Curitiba, em despacho assinado por Sergio Moro. O juiz pediu manifestação do MPF sobre a situação da filha Danielle Ditz Cunha. Uma nova denúncia contra Eduardo Cunha também foi oferecida.
O despacho de Moro atestou que a alegação de Cunha de que as contas e valores eram titularizados por trusts ou off-shore é "bastante questionável", e que a justificativa de que ovalor recebido da Acona seria a devolução de um empréstimo "não se encontra, em princípio, acompanhada de qualquer prova documental".
O MPF imputa a esposa de Cunha o crime de lavagem de dinheiro, pela ocultação dos recursos de propina em conta secreta no exterior, da qual era beneficiária final, e a utilização desses recursos para pagamentos e gastos de luxo.
"A acusada Cláudia Cordeiro Cruz, esposa do parlamentar, teria se beneficiado de parcela do produto do crime, utilizando ainda expedientes para ocultar o seu recebimento e a sua fruição", informa o despacho de Moro.
Fonte:www.jb.com.br
Postar um comentário

Comentarios