SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Ex-senador Eduardo Suplicy é detido durante reintegração de posse em SP

O ex-senador e candidato a vereador pelo PT Eduardo Suplicy deitou no chão para impedir a reintegração de posse nesta segunda-feira (25) na ocupação Terra Pelada, no Jardim Raposo Tavares, zona oeste da cidade de São Paulo, e acabou sendo detido pelos Policiais Militares. A ação foi registrada pelo programa Melhor Pra Você.
Em entrevista ao portal da RedeTV!, Suplicy contou que estava sendo levado para o 75ªDP, no Jardim Arpoador. Ele não quis dar detalhes sobre a detenção, já que ainda estava na viatura da polícia. Pelas redes sociais, a assessoria do ex-senador disse que Suplicy foi até o local da reintegração "para evitar a violência da PM".
Segundo a Polícia Militar, ele foi detido por obstrução da Justiça e desacato a autoridade e, levado para prestar depoimento e será liberado. Outras duas pessoas também foram detidas durante a manifestação.
Em sua página no Facebook, o ex-senador criticou a ação da PM: "A truculência da Polícia Militar do governo Alckmin é inaceitável. Se fazem isso com um ex-senador da República, imagine o que sofre a população que tanto precisa de apoio". 
O cantor Supla, filho de Suplicy, também usou as redes sociais para comentar o caso: "Quero avisar a todos que o meu pai está bem...acabei de falar com o delegado e o meu próprio pai! Agradeço a preocupação e o carinho de todos!", escreveu ele.
Com a prisão, internautas passaram a utilizar a hashtag #FreeSuplicy para pedir a soltura do ex-senador, cujo nome chegou a ser o assunto mais comentado na rede social.
Vídeo mostra ex-senador deitado na rua durante protesto de moradores contra reintegração:

Reintegração de Posse
Os moradores da área ocupava por 350 famílias protestavam desde o início da madrugada contra a reintegração. Manifestantes soltaram rojões e jogaram pedras nos militares da Tropa de Choque, que revidou com bombas de efeito moral. Eles também fizeram barricadas, atearam fogo a pneus e tentaram queimar um ônibus.
A área pertence à prefeitura de São Paulo. Segundo decisão da Justiça, emitida pela 9ª Câmara de Direito Público, o local apresenta alto risco de deslizamento, por ser região de encostas.
Parecer da Defesa Civil avalia que as construções precárias na área aumentam os riscos de desabamentos e até mesmo de incêndio. “Há ainda muito lixo e entulho no local, bem como árvores queimadas e visível dano ambiental”, diz a avaliação.
(Foto: Reprodução/RedeTV!)
(Foto: Reprodução/RedeTV!)
(Foto: Reprodução/RedeTV!)
Trecho mostra Suplicy carregado por policiais (Foto: Reprodução/RedeTV!)
FONTE:http://www.redetv.uol.com.br/
Postar um comentário

Comentarios