SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 9 de julho de 2016

Impressionante: Veja o que acontece com seu organismo após consumir Sal do Himalaia durante 30 dias! ~ Sempre Questione ­ Notícias alternativ...


e tiver o hábito de acompanhar receitas salgadas, talvez já tenha notado que recentemente este ingrediente, o sal do Himalaia, está cada vez mais a substituir o sal de mesa. Com a sua cor delicada em tom de rosa, o sal do Himalaia é fácil de ser distinguido do sal branco, geralmente usado. A sua utilização não se limita a cozinhar. O sal versátil é comercializado para usos culinários, terapêuticos e cosméticos. O sal do Himalaia é colhido no pé do Himalaia, que se estendem 1.500 milhas em toda a Ásia. O sal vem de uma mina de sal de rocha localizada no Paquistão – a segunda maior mina do mundo. himalaia A mina se estende 748 pés de profundidade e tem 11 histórias separadas. Para manter o espaço entre em colapso, apenas 50% do sal encontrado é extraído. O sal rosa do Himalaia contém 84 elementos naturais e minerais que são vitais para a nossa saúde, incluindo magnésio, potássio, cálcio, cloreto, fósforo e ferro. Estes minerais são o que dá ao sal sua cor­de­rosa distintiva, e torna o sal mineral mais denso do mundo. É completamente natural, sem produtos químicos ou aditivos, e os seus benefícios para a saúde são inúmeros. Aqui está o que vai acontecer se começar a adicionar o sal do Himalaia na sua comida por 30 dias
/2016 Impressionante: Veja o que acontece com seu organismo após consumir Sal do Himalaia durante 30 dias! ~ Sempre Questione ­ Notícias alternativ... http://www.semprequestione.com/2016/06/impressionante­veja­o­que­acontece­com.html#.V4DJpNIrLow 3/13 1. Desintoxicação do corpo Ele permite que o corpo expulse as toxinas para fora das células e para fora da corrente sanguínea, rins, baço e fígado, removendo­os do corpo. 2. Regula a pressão arterial O sal rosa do Himalaia tem menos sódio por porção do que o sal de mesa regular. Os cristais maiores permitem menos sal por porção, também levando a menos sódio por porção. O sal do Himalaia ajuda a diminuir a quantidade de sódio que está sendo consumida, sem ter de eliminar o sal completamente. 3. Acaba com a fadiga e cansaço mental Fadiga ou cansaço mental muitas vezes pode ser atribuída a uma perda de eletrólitos no seu corpo. O sal rosa do Himalaia pode ser absorvida pela corrente sanguínea mais rapidamente do que o sal de mesa, permitindo que o corpo restaure o equilíbrio de eletrólitos e dá ao cérebro um impulso relaxante. 4. Ajuda com problemas nasais Misturando um pouco de sal do Himalaia em um pouco de água quente pode melhorar seus problemas de sinusite e melhorar as condições respiratórias como a asma. 5. Equilibra o pH do corpo A manutenção de um pH equilibrado no corpo é a chave para se manter saudável. O sal rosa do Himalaia promove o equilíbrio entre os níveis de ácido e alcalino no corpo. Precisa de outro motivo para não usar mais o sal de mesa e substituí­lo pelo sal rosa? O sal de mesa é altamente processados, o que destrói os minerais e elementos benéficos que ele pode ter tido um dia. O sal de mesa pode causar retenção de líquidos, irritação dos tecidos e pressão arterial elevada. Já o sal rosa do Himalaia não sobrecarrega o corpo de forma alguma. É facilmente metabolizado e não induz o organismo a trabalhar mais para manter um equilíbrio de fluidos. O sal rosa do Himalaia ajuda a energizar o corpo. Fonte: Muitofixe.pt
Postar um comentário

Comentarios