SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

quarta-feira, 20 de julho de 2016

"Não temos melhores amigos do que os cristãos", diz primeiro-ministro de Israel O primeiro-ministro de Israel declarou em sua visita a África que deve existir harmonia entre os judeus e os cristãos, além de convidar as pessoas para visitar a "terra da bíblia".

Netanyahu descreveu o elo comum entre judeus e cristãos apresentado na terra da Bíblia. (Foto: AFP).
Netanyahu descreveu o elo comum entre judeus e cristãos apresentado na terra da Bíblia. (Foto: AFP)
Como parte de sua viagem de quatro dias para a África, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu se reuniu com um grupo de cristãos evangélicos em Nairobi, Quênia. “Não temos melhores amigos do que os cristãos que apoiam e amam Israel”, disse. O líder foi recebido ao som de shofar quando ele entrou na sala. Aproveitando a oportunidade, ele fez o convite para que as pessoas pudessem ir a Israel, a terra da Bíblia.
"Aqueles que já foram, devem ir novamente e aqueles que ainda não foram, devem ir pela primeira vez. Visitem Jerusalém, visite Nazaré, vocês poderão entrar e ver todos os lugares da Bíblia”, disse.
Netanyahu contou para eles uma história sobre um kibbutz que descobriu um barco de 2 mil anos de idade. "Era um barco de pesca e por meio do carbono puderam constatar que o barco é da época de Jesus. Então, ele fica lá no Kibutz Ginosar, e quando você visita o local você pode vê-lo”, pontuou.
“Agora veja, eu não posso dizer que Jesus esteve no barco. Mas posso dizer que o barco estava no tempo de Jesus", complementou.
Netanyahu descreveu o elo comum entre judeus e cristãos apresentado na terra da Bíblia. "Estes são lugares reais. Eles falam com você. Eles falam para nós. Voltamos para a terra de Israel e realizamos os sonhos dos profetas, da reunião dos exilados", disse ele.
"Estou contente por ter a oportunidade e o privilégio de conhecer vocês. Nós não temos melhores amigos no mundo. Ninguém! Agradecemos essa amizade e estamos expandindo ela para o continente africano", disse o primeiro ministro.
A viagem de Netanyahu representa um novo começo nas relações entre os africanos e israelenses. "Sete líderes de sete países africanos falaram sobre como expandir o relacionamento de Israel com outros países", continuou ele.
"Israel está voltando para a África e a África está voltando para Israel Queremos ver a África ser uma história de sucesso e queremos fazer parte disso. Na água, na agricultura, na produção leiteira. Nós estamos ansiosos para compartilhar tudo isso com os nossos amigos africanos", ressaltou.
Netanyahu também descreveu a situação sombria para os cristãos no Oriente Médio. "No Oriente Médio hoje, infelizmente, a atitude para com os cristãos e o cristianismo não é uma boa. Você vê o que está acontecendo com o Estado Islâmico no Iraque. Você vê o que está acontecendo com as comunidades cristãs, aos yazidis e outros”, comentou Netanyahu.
"Há um lugar no Oriente Médio, onde a comunidade cristã está deixando de diminuir, está prosperando e se expandindo. Esse lugar é Israel, um lugar seguro e onde você é bem-vindo. Você é bem-vindo em Israel", disse ele.
fonte:guine

Postar um comentário

Comentarios