SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Joelma lança clipe em portunhol: ‘Djô soy Roelma’ Ex-Calypso aparece sorridente e batendo o cabelo em vídeo da carreira solo

Joelma no clipe da canção Pa’lante
Os Jogos Olímpicos do Rio pegam fogo, mas Joelma segue em uma corrida própria pelo mercado internacional. Em meio à disputa por medalhas, a cantora investe na carreira no exterior com o clipe de Pa’lante, canção em que capricha no portunhol com frases como “Djô soy Roelma”, dita logo no início, a título de apresentação, e “Lo que no mata te fortifica”, versión daquele conhecido dito popular. Coisa de abalar os sensíveis ouvidos dos críticos de Wagner Moura, injustamente achacado por seu papel como o traficante colombiano Pablo Escobar na série Narcos, feita por José Padilha para a Netflix. Mas Joelma mesmo não se abala: ela dança sem parar no vídeo, com três figurinos diferentes, e joga a cabeça para cá e para lá, mostrando que segue imbatível na modalidade de bater o cabelão.Pa’lante é faixa do primeiro disco solo da ex-vocalista do Calypso, que leva o seu nome. A música faz parte da nova fase da carreira da paraense, que no ano passado passou por um turbulento divórcio com Ximbinha (ex-Chimbinha), com quem comandava a finada banda.
No vídeo, a cantora aparece sorridente dançando em um galpão com jeitão de oficina de carros, diante de um grupo de dançarinos enquanto alterna, no corpo, uma camiseta da seleção brasileira, um vestido de estampa florida e verde e até mesmo um casaquinho de couro. E manda o que parecem indiretas ao ex: “El dolor de ayer / hoy te hace cosquillas”. Em tradução direta: Adiós, Chimbinha.
fonte:veja.abril.com.br
Postar um comentário

Comentarios