SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Polícia Federal fecha o cerco, mulher e filho não suportam a pressão e entregam o magnata do PT.

LulaMais uma bela estratégia da honrosa polícia federal, desta vez pegou na veia contra o chefe Lula e não teve jeito, buscou na família do ex-presidente as informações necessárias para esclarecer o feito de alguns crimes.O ex-presidente da República, Luiz Inácio #Lula da Silva, tem um novo motivo para se preocupar com as investigações da força-tarefa da Polícia Federal, sob âmbito da Operação Lava-Jato, comandadas pelo juiz Sérgio Moro, a partir de Curitiba, na décima terceira Vara Criminal da Justiça Federal do Paraná. De acordo com os investigadores federais, o sítio Santa Bárbara, localizado na cidade de Atibaia, no interior do estado de São Paulo, pertence ao ex-presidente da República.
A força-tarefa da Lava-Jato; a maior operação de combate à corrupção de que se tem notícia na história do País, aponta que a origem dodinheiro utilizado para as reformas do sítio pode ter se originado nos desvios bilionários dos cofres públicos da Petrobras, oriundas do mega esquema de distribuição de propinas, o denominado “Petrolão”. Os indícios são fortíssimos, segundo um Laudo apresentado pela Polícia Federal ao juiz Sérgio Moro, responsável por todos os processos de corrupção na Petrobras, em primeiro grau.
Intimação de esposa e filho de Lula
As investigações dão conta de que a esposa do ex-presidente Lula, Maria Letícia, além do ex-mandatário do País, orientaram as reformas no sítio de Atibaia, através de obras pagas pela Construtora OAS, uma das empreiteiras mais envolvidas no esquema de desvios de dinheiro da Petrobras. Com base no Laudo da Polícia Federal, os agentes constataram que a propriedade do sítio, pertenceria de fato a Lula e à sua esposa. Dona Maria foi então, intimada a depor para prestar todos os esclarecimentos sobre o caso. Também deverão depor, o filho mais velho do casal, Fabio Luiz Lula da Silva e os donos oficiais do imóvel, os empresários Jonas Suassuna e Fernando Bittar, ambos considerados sócios da família Lula da Silva. O registro do despacho das intimações foi atribuído ao delegado federal Márcio Adriano Anselmo, na data de 04 de agosto de 2016.
O ex-presidente Lula é investigado em três inquéritos principais da Polícia Federal, sob âmbito da Operação Lava-Jato, com referência à aquisição e reformas no apartamento tríplex do Guarujá, no litoral paulista e no sítio de Atibaia, no interior do mesmo estado, além do inquérito que apura os recebimentos de recursos oriundos de palestras do ex-presidente, através da empresa LILS Palestras e Eventos e do Instituto Lula.
Por: Agencia de Noticias
Postar um comentário

Comentarios