SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Suspeito tenta assaltar ônibus no Rio com metralhadora e é morto

À esquerda, policiais militares junto ao ônibus onde o suspeito morreu; à direita, a arma usada
Uma tentativa de assalto a um ônibus da Viação Tinguá, que seguia no sentido Rio da Avenida Brasil, terminou com um morto, na manhã desta quarta-feira. Segundo informações de policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE), um homem anunciou o roubo por volta das 6h40m, quando o coletivo passava nas proximidades da passarela 10, altura de Bonsucesso, na Zona Norte da cidade. Um passageiro - que seria policial e estava armado - reagiu e atirou, acertando o suspeito, que morreu no local. O assaltante usava uma metralhadora que estava sem munição, segundo a perícia.
O ônibus seguia na pista sentido Rio
O ônibus seguia na pista sentido Rio Foto: Fabiano Rocha / Extra
Um técnico de refrigeração que estava no ônibus conversou com o EXTRA e contou detalhes do assalto. Segundo ele, o suspeito estava num ponto de ônibus e bateu na porta do veículo pedindo para que o motorista abrisse a porta:
- O motorista não deixou. Mas aí quando um passageiro desceu, o cara aproveitou e entrou. E ele já começou a esculachar. Agrediu uma senhora que estava falando no telefone. E aí o passageiro se levantou, com a arma na mão. O bandido, então, acabou sendo baleado. Um tiro resvalou e veio parar embaixo da minha cadeira..
A metralhadora, ao lado do corpo do suspeito
A metralhadora, ao lado do corpo do suspeito Foto: Fabiano Rocha / Extra
De acordo com a testemunha, a arma usada pelo suspeito assustou.
- Era uma arma de guerra, enorme. Faço aniversário hoje, completo 44 anos, e olha só o que o Estado do Rio me dá de presente: passar por um susto enorme desses - contou o técnico de refrigeração.
'A gente espera pistola, revólver, faca. Metralhadora, nunca'
Outro passageiro ouvido pelo EXTRA contou que foi a primeira vez que sofreu um a tentativa de assalto. O químico, de 25 anos, também se mostrou chocado com o arma usada:
- A gente espera pistola, revólver, faca. Mas metralhadora, nunca. É complicado.
Segundo o rapaz, ele já esperava o assalto porque viu a maneira como o suspeito se comportou ao tentar entrar no coletivo.
- A gente já tinha sentido que algo aconteceria, pelo modo como ele socava a porta. Tentou entrar pela frente, mas o motorista não abriu. Então, correu par a porta de trás e aproveitou o momento em que algumas pessoas saltavam.
Policiais da Divisão de Homicídios (DH) foram acionados para fazer uma perícia no local. Por causa do episódio, o trânsito está bastante lento naquele trecho da Avenida Brasil.
Em nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar, o modelo da metralhadora usada pelo suspeito é MT12:
Policiais militares junto ao ônibus onde o suspeito morreu
Policiais militares junto ao ônibus onde o suspeito morreu Foto: Fabiano Rocha / Extra


"De acordo com a Cia Maré, uma viatura que patrulhava a Avenida Brasil, na altura do Parque União, em Bonsucesso, na manhã desta quarta-feira (26/10), prestou socorro a passageiros e motorista de um ônibus alvo de uma tentativa de roubo por volta das 6h40. O criminoso anunciou o assalto e um passageiro armado reagiu, atirando contra ele. O ladrão não resistiu aos ferimentos. Na ação, os policiais apreenderam uma metralhadora MT12. O passageiro que atirou desceu do veículo e foi embora antes da chegada da viatura. O caso está a cargo da DH"

Fonte: http://extra.globo.com
Postar um comentário

Comentarios