SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ana Paula “do Vôlei” falou mais verdades sobre Fidel Castro do que a maioria dos jornalistas


Apesar de ser uma estrela do esporte, Ana Paula Henkel tem uma atuação política bem firme nas redes sociais. Tanto que “Ana Paula do Vôlei” aproveitou a morte de Fidel Castro para destacar os absurdos que as adversárias cubanas enfrentavam na ditadura comunista.
A rivalidade das quadras não era refletida do lado de fora. E havia um clima de solidariedade para com as vítimas de Castro. Abaixo, segue um resumo publicado pela atleta nos últimos dias:
“[ESTAVA] AQUI LEMBRANDO AS BARBARIDADES QUE AS CUBANAS NOS CONTAVAM SOBRE FIDEL. UMA DELAS? ELE FICAVA COM 100% DA PREMIAÇÃO DELAS DE TODOS OS TORNEIOS.
QUANTAS VEZES NÃO LEVAMOS AS CUBANAS PARA COMPRAR PASTA DE DENTE, SABONETE, SHAMPOO, ASPIRINA… E ELAS AINDA TINHAM QUE ESCONDER TUDO PARA ENTRAR EM CUBA.
OUVI DE UMA BICAMPEÃ OLÍMPICA CUBANA COM MUITOS TÍTULOS MUNDIAIS: “TROCARIA TODA A MINHA GLÓRIA ESPORTIVA POR UMA CHANCE DE VIVER FELIZ LONGE DE CUBA.”
LER QUE ATLETAS GOSTAVAM DE FIDEL É BALELA. AS CUBANAS NOS CONTAVAM QUE TINHAM QUE FALAR BEM DELE, NÃO HAVIA ESCOLHA. TEMIAM POR SUAS FAMÍLIAS. O SUCESSO NO ESPORTE ERA UMA MANEIRA DE FUGIR DA MISÉRIA CUBANA. PEDIAM ASILO POLÍTICO QUANDO PODIAM E QUANTAS NÃO FIZERAM COM MEDO DE REPRESÁLIA COM A FAMÍLIA?”
fonte: http://www.jornaldopais.com.br
Postar um comentário

Comentarios