SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Casamento de 250 milhões de reais revolta população indiana Para impedir a entrada de jornalistas e ativistas no grandioso evento, o pai da noiva contratou mais de 3.000 seguranças

Bramhani, filha de Gali Janardhan Reddy, durante seu casamento com Rajeev Reddy
Um magnata indiano gastou o equivalente a 250 milhões de reais no casamento da filha em meio a crise econômica e provocou indignação na Índia. A lista de convidados da cerimônia, realizado nesta quarta-feira em um palácio real, conta com mais de 50.000 nomes, entre eles diversas autoridades e celebridades do país.
A ostentação começa no convite enviado para cada convidado dos noivos Brahmani e Rajeev, filho de um empresário indiano: uma caixa dourada com uma tela de LCD exibia um vídeo de 2 minutos sobre a história de amor dos pombinhos.Os convidados serão recebidos em um cenário de cidade do império Vijayanagar, elaborado nos jardins do Palácio Bangalore por um diretor de arte de Bollywood, a Hollywood indiana, segundo o jornal Indian Express. Para impedir a entrada de jornalistas e ativistas no grandioso evento, Reddy contratou mais de 3.000 seguranças.
A imprensa local criticou a extravagância financeira de Gali Janardhan Reddy, pai da noiva, em pleno caos econômico na Índia – a população sofre com a falta de cédulas após a repentina retirada de circulação de notas de 500 e 1.000 rúpias, que correspondem a 85% do dinheiro vivo no país.
Ex-ministro, Reddy é um dos homens mais poderosos do Estado de Karnataka. Ele passou três anos preso por envolvimento em um esquema de corrupção e foi solto no ano passado.
“É lamentável que o casamento de uma filha tenha virado um motivo de inveja e rivalidade”, disse um dos convidados à agência de notícias France-Presse. “Trata-se de um momento importante para os pais da noiva, e eles querem celebrar o evento à altura de seu status na sociedade”.
FONTE:http://veja.abril.com.br
Postar um comentário

Comentarios