SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Mesmo com crise financeira, Dilma aprova Fundo partidário com valor 300% maior que ano anterior


Apesar dos graves problemas econômicos que o Brasil vai enfrentando, Partidos políticos terão direito a incríveis e inéditos R$ 867,56 milhões este ano para gastarem como bem entenderem. Isso mesmo, esse é o valor aprovado, SEM NENHUM VETO, pela presidente Dilma para o FUNDO PARTIDÁRIO no orçamento do ano de 2015.
A Lei Orçamentária para o ano de 2015 foi aprovada pela presidente Dilma na ultima segunda (20) e o que mais chamou a atenção foi a quantia recorde disponibilizada para o Fundo Partidário. Segundo informa o site Valor Econômico, Dilma foi pressionada pelo próprio partido para aprovar os quase R$ 900 milhões para o fundo no ano de 2015.
O Brasil passa por um momento muito delicado em sua economia e nos últimos meses demissões tem acontecido em massa e com frequência pelas indústrias brasileiras e multinacionais instaladas no país. O  “derrame” de dinheiro passou a ser considerado um verdadeiro escândalo deste governo. Em um momento tão delicado aprovar uma quantia tão grande de dinheiro público para ser entregue a partidos políticos é um absurdo sem precedentes. Vale lembrar que o próprio ministro da fazenda do governo Dilma já afirmou que o governo pretende enxugar bruscamente as contas públicas para enfrentar o momento delicado passado pelo país.
No mundo dos Partidos Políticos esse”momento delicado” não existe. Não é? E como sempre, quem paga o alto preço, é o povo. 
Só pra lembrar, Genoíno e outros mensaleiros tiveram seus advogados pagos com dinheiro do fundo partidário. Ou seja, eu e você pagamos a defesa dos mensaleiros. leia mais: Advogados de mensaleiros foram pagos com dinheiro público do Fundo Partidário
FONTE:http://www.revoltabrasil.com.br/
Postar um comentário

Comentarios