SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Vizinhos denunciam e polícia apura suposto abandono de neta em MS Polícia Civil instaurou inquérito na manhã desta segunda-feira (15). Companheiro da suspeita prestou depoimento e falou de agressões.

  Resultado de imagem para Vizinhos denunciam e polícia apura suposto abandono de neta em MS
A polícia está investigando o caso de uma criança, encontrada sozinha e machucada em um terreno do Jardim Los Angeles, região sul de Campo Grande. Segundo a polícia, que instaurou inquérito na manhã desta segunda-feira (15), os vizinhos a encontraram no dia anterior, informando que a vítima de sete anos estava de pijama e com ferimentos no rosto e perna.
Ainda conforme a testemunha, a criança repetia que tinha sido abandonada pela avó. Os vizinhos então acionaram a polícia, informando que a menina residia com o irmão e a avó, sendo que mudaram para o bairro há poucos dias. Ao encontrar e questionar a avó sobre os fatos, os denunciantes relataram que ela estava bêbada e discutiu com as pessoas
No último sábado (13), a avó Marly Rosangela disse para a reportagem que o companheiro saiu com a criança e não retornou mais. "Ele saiu para passear com a criança e voltou sem a menina, não dizendo onde ela estava", comentou. Ainda conforme a avó, ela também cuida do irmão de três anos, já que a mãe das crianças está presa.
O caso foi registrado como abandono de incapaz na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga. O companheiro da avó prestou depoimento no local e disse que retirou a menina do convívio da avó pois ela estava sendo agredida. Assim que retornou para conversar com a mulher, deixou a menina fora da casa e ela sumiu.
O Conselho Tutelar (CT) da região sul foi acionado para acompanhar o caso. A reportagem entrou em contato, porém, até o momento, não foi informada sobre o paradeiro da menina.
fonte:http://g1.globo.com
Postar um comentário

Comentarios