SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A milagrosa planta que trata psoríase, eczema, dermatite e outras doenças de pele!

A psoríase se manifesta inicialmente nos cotovelos, joelhos, couro cabeludo, mãos, unhas e plantas dos pés, mas pode atingir qualquer área da pele. 

A psoríase se manifesta inicialmente nos cotovelos, joelhos, couro cabeludo, mãos, unhas e plantas dos pés, mas pode atingir qualquer área da pele.
 
Sua causa é desconhecida e pode surgir em ambos os sexos, sem predominância de raça e, de maneira geral, entre os 30 e 40 anos de vida.
 
Trinta por cento dos psoríacos têm na família um parente consanguíneo doente.
 
Alguns fatores desencadeiam e agravam o problema: traumas na pele, como o atrito dos cotovelos com superfícies, abuso de bebida alcoólica, estresse, ansiedade, depressão e fatores imunológicos.
 
Os tratamentos mais comuns são tópicos, com a aplicação na pele de produtos geralmente à base de corticoide.
 
Existem bons tratamentos caseiros para a doença.
 
Esses tratamentos - feitos com regularidade e persistência - costumam apresentar ótimos resultados.
 
Alguns desses tratamentos estão a seguir (eles também servem para outros problemas de pele, como eczema).
1. Óleo de copaíba (puro)
Usado topicamente, ele combate inflamações e ajuda a curar pé-de-atleta, feridas, erupções cutâneas, dermatites, eczema e psoríase, além de ajudar a restaurar a pele danificada e curar pequenas cicatrizes.
Age como como um agente antisséptico, desinfetante e antimicrobiano para uso interno.
 Mas só terá sucesso se usar um óleo de copaíba puro, de boa qualidade.
 
2. Babosa
 
Descasque uma folha de babosa e retire o gel que fica em seu interior com o auxílio de uma colher.
 
Aplique este gel diretamente sobre a área com psoríase.
 
Envolva com um plástico-filme (que a gente usa na cozinha para embalar alimentos) e deixe atuar por 15 minutos.
 
Os melhores resultados são obtidos ao usar esta compressa de 3 a 4 vezes por dia, lavando a seguir somente com água.
 
3. Bardana e dente-de-leão
 
INGREDIENTES
 
1 colher (chá) de dente-de-leão
 
1 colher (chá) de folhas de bardana
MODO DE PREPARO
 
Coloque os ingredientes em uma jarra.
 
Cubra com 500 mL de água fervente e deixe descansar por 10-15 minutos.
 
Coe e sirva.
 
Tome duas xícaras por dia até a melhora dos sintomas.
 
Também pode ser tomado frio.
 
IMPORTANTE - Mulheres não devem tomar este chá durante a gravidez.
4. Água de bardana
 
INGREDIENTES
 
2 raízes de bardana cortadas
 
2 litros de água
 
MODO DE PREPARO
 
Corte as raízes de bardana em pedaços pequenos, crus.
 
Coloque dentro de 2 litros de água e deixe descansar por 2 dias.
 
Depois, guarde na geladeira e beba um copo diariamente em jejum.
 
5. Suco de inhame
 
INGREDIENTES
 
1 maçã
 
1 limão
 
1 inhame pequeno ou metade de um médio da variedade conhecida como japonês ou paulista
 
Meio litro de água
 
Mel ou açúcar mascavo (opcional)
 
MODO DE PREPARO
 
Esprema o limão, pique o inhame e a maçã.
 
Bata tudo no liquidificador e sirva com ou sem gelo.
 
O suco pode ser consumido diariamente.
 
6. Vinagre de maçã (de boa qualidade e orgânico)
 
Os ingredientes ativos do vinagre de maçã são  ótimos  para tratar e curar a psoríase.
 
Misture partes iguais de vinagre de maçã e água.
 
Depois aplique na região afetada.
 
Se for no couro cabeludo, aplique com uma suave massagem.
 
Deixe o vinagre ser absorvido pela pele ou couro cabeludo e não há necessidade de lavar.
Esta é uma pagina de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.
Postar um comentário

Comentarios