SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Candomblecistas vandalizam banners e realizam despacho em frente à igreja da cantora Flordelis


Um episódio de violência e intolerância religiosa foi registrado na última terça-feira, 21 de fevereiro, em frente ao novo templo da igreja liderada pela cantora e pastora Flordelis e seu marido, pastor Anderson do Carmo.
Um grupo de 50 candomblecistas vandalizou os banners colocados em frente ao templo, na cidade de Niterói (RJ), e no dia seguinte, realizaram rituais após posicionarem 24 alguidares de barro com oferendas, como é comum nos “despachos” encontrados em muitas ruas do Brasil.Anderson do Carmo, que é presidente do Ministério Cidade do Fogo, demonstrou indignação: “Intolerantes religiosos somos nós, evangélicos? Fui lá para ver de perto, porque não acreditei que pudessem fazer isso, porque penso ‘cada um no seu quadrado’”, afirmou, em uma publicação no Facebook.
O pastor do Carmo frisou que a ação do grupo de adeptos da religião afro-brasileira tinha o propósito de confrontar, pois colocou “um despacho com nove galinhas, farofa e velas em frente à porta de entrada da igreja”, e acrescentou: “Pensei que era intolerância, agora está virando perseguição”.O líder pentecostal – que dirige a denominação e realiza projetos sociais com sua esposa – não retribuiu o gesto de intolerância religiosa, e transmitiu uma mensagem de compaixão para os candomblecistas: “Tenho uma mensagem para essas pessoas: quando o templo for inaugurado, as portas da igreja estarão abertas para receber cada um de vocês, no amor de Cristo. Nada vai parar a marcha da igreja”, concluiu.
Postar um comentário

Comentarios