SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 1 de abril de 2017

Igreja prepara 300 mil refeições e envia para vítimas do Estado Islâmico no Oriente Médio

  Resultado de imagem para Igreja prepara 300 mil refeições e envia para vítimas do Estado Islâmico no Oriente Médio
Em apenas dois dias, os membros de uma igreja evangélica na Flórida prepararam mais de 300 mil refeições que serão enviadas às famílias que foram expulsas de suas casas pelo Estado Islâmico e atualmente são vítimas da guerra civil em curso no Oriente Médio (Síria e Iraque).
A igreja 'Christ Fellowship' - localizada no sudeste da Flórida (EUA) - realizou sua terceira ação anual "Make-a-Meal" ("Prepare uma Refeição"). A iniciativa separou um final de semana (18 a 19 de março, neste ano), no qual cerca de 12.500 membros da igreja participaram em oito de suas congregações para preparar as refeições para refugiados do Oriente Médio e seus vizinhos menos afortunados de toda a região do sul da Flórida.
Está gostando desse conteúdo?
Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.
Philip McCracken, diretor-associado de Missões da 'Christ Fellowship', disse ao 'Christian Post' na segunda-feira que mais de 489 mil refeições foram preparadas ao longo do fim de semana.
Enquanto 300 mil serão distribuídos pelo grupo de ajuda humanitária 'World Help' para grandes campos de refugiados no Oriente Médio, o restante será distribuído aos bancos de alimentos locais e outros ministérios que alimentam famílias necessitadas em toda a região sul da Flórida.
Embora McCracken não pudesse dizer a quais campos de refugiados as refeições seriam distribuídas, ele garantiu que muitas delas serão servidas aos refugiados de países como Iraque e Síria.
"Era algo que a nossa igreja poderia fazer de uma forma que criasse uma oportunidade de servir as pessoas. Isso dá às pessoas a oportunidade de vir servir por período curto de tempo, mas quando você dá um passo para trás e olhar para o quadro geral, pensa: "Uau! Juntos, nós realmente fizemos um grande impacto", disse ele.
"Eu acho que é da maneira mais simples, um exemplo de como somos capazes de viver nossa missão, que é amar os outros e ajudar aos outros como Jesus fez", acrescentou. "Há momentos em que doar comida às pessoas necessitadas é uma maneira de fazer isso e uma ferramenta para ministrar aos necessitados. É apenas uma boa maneira de viver nossa missão, que é compartilhar o Evangelho".
As refeições que foram embaladas para os refugiados consistem em um produto de arroz que inclui açúcar, vegetais desidratados e vitaminas. Já o alimento que foi empacotado para a distribuição no estado da Califórnia é feito de aveia incluindo vitaminas, canela e açúcar.
McCracken disse que a igreja também contou com a ajuda de fazendeiros locais que frequentam os cultos e doaram "milhares e milhares de quilos" de arroz para a preparação das refeições.
"Eles são apenas cidadãos que participam de nossos cultos e se sentem chamados a ajudar nas áreas com as quais foram abençoados e nas áreas onde têm recursos", explicou.
Ações anteriores
Em 2016, a 'Christ Fellowship' preparou refeições para enviar a pessoas necessitadas do Níger (oeste africano). Em 2015, a igreja enviou refeições às pessoas no Haiti.
McCracken disse que a maioria dos membros da igreja que participaram do evento ajudou após a igreja por cerca de 20 minutos.
"Cada pessoa recebe seis sacos e uma vez que você faz seus seis sacos, seu compromisso foi cumprido", disse ele. "Muitas pessoas ficam e ajudam, mas do começo ao fim, leva cerca de 20 minutos a partir do momento em que recebem suas instruções, sacos e fazem a comida".
"É um exemplo clássico de como você está melhor juntos quando as pessoas contribuem um pouco", ele observou. "Para algumas dessas pessoas, espero que seja uma introdução ao serviço e abre sua mente para outras oportunidades de serviço - seja localmente em nossos próprios bairros ou algumas das coisas internacionais que fazemos também.
Fonte: http://www.cpadnews.com.br/universo-cristao/38794/igreja-prepara-300-mil-refeicoes-e-envia-para-vitimas-do-estado-islamico-no-oriente-medio.html

Postar um comentário

Comentarios