SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

quarta-feira, 5 de abril de 2017

TSE e delação de marqueteiros nas manchetes de 05/04/17 Ministros do tribunal recuam e concedem mais prazo à defesa de Dilma e Temer

   

Montagem/VEJA.com)

O recuo do TSE no julgamento que pode cassar a chapa Dilma-Temer é destaque nos principais jornais nesta quarta-feira. Ministros concederam mais prazo à defesa e decidiram ouvir novas testemunhas, como Guido Mantega e João Santana. O Estado de S.Paulo traz manchete sobre a delação premiada de João Santana e Mônica Moura, ex-marqueteiros do PT, enquanto a reportagem principal de O Globo é sobre o déficit de R$ 102 bilhões dos regimes previdenciários dos Estados.

O Estado de S.Paulo
Supremo homologa delação de ex-marqueteiros do PT
O ministro Edson Fachin homologou acordo de colaboração premiada do marqueteiro João Santana, que cuidou das campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, e Dilma Rousseff, em 2010 e 2014. Também foram homologadas as delações da mulher e sócia de Santana, Mônica Moura, e de André Luis Reis Santana, funcionário do casal.

Texto aprovado na Câmara pode inviabilizar o Uber no País
Liderados pelo PT, deputados aprovaram emenda que, na prática, pode inviabilizar serviços de transporte por aplicativos como o Uber. Inicialmente, os congressistas deram aval ao texto-base do projeto, transferindo aos municípios a responsabilidade de estabelecer as regras. Na sequência, porém, foi aprovada emenda de Carlos Zarattini (PT-SP), que retirou do texto que a atividade é de natureza privada, o que o tornaria um serviço público.

Folha de S.Paulo
TSE adia julgamento de chapa e dá fôlego ao governo Temer
O Tribunal Superior Eleitoral adiou o julgamento que pode cassar a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer. A ação foi interrompida depois que os ministros deram mais prazo à defesa e decidiram ouvir novas testemunhas, entre elas o ex-ministro Guido Mantega e o marqueteiro João Santana. Com isso, o governo Temer ganha fôlego e a duração do processo toma-se imprevisível.

Dilma teme decepção com depoimento de Santana
Na coluna de Mônica Bergamo, Dilma Rousseff diz que gosta “muito” do marqueteiro João Santana e que vai ter “muita dificuldade” se ele “falar coisas que não são reais” sobre ela na delação premiada.

Valor Econômico
Vendas das empresas têm queda de 10% em dois anos
O primeiro levantamento amplo feito com base nos balanços de 2016 das grandes empresas brasileiras mostrou um crescimento nominal do faturamento de apenas 0,4%. Nos últimos dois anos, as grandes companhias tiveram queda real de vendas acumulada de 10,7%, enquanto o PIB brasileiro caiu 7,2%.



O Globo
Previdências estaduais têm rombo de R$ 102 bi
Em 2016, os Estados tiveram de cobrir déficit de R$ 102 bilhões de seus regimes previdenciários, o que agravou a crise que estão enfrentando. De acordo com estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), apenas em Rondônia, Roraima e Amapá, ex-territórios da União, os gastos com inativos e pensionistas não fecharam no vermelho. Os outros 24 estados tiveram de fazer aportes extras de 12,7% de sua receita, em média, para cobrir o rombo.
fonte:http://veja.abril.com.br
Postar um comentário

Comentarios