SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

domingo, 30 de abril de 2017

Último desejo do cantor Belchior será atendido Músico que morreu neste sábado, aos 70 anos, fazia questão de ser enterrado na cidade de Sobral, no Ceará, sua terra natal

O cantor e compositor Belchior
Último desejo do cantor Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, que morreu no último sábado, 29, no Rio Grande do Sul, será atendido.Belchior, que tinha 70 anos, disse a familiares e amigos que fazia questão de ser enterrado na cidade de Sobral, no Ceará, sua terra natal. No cemitério local, estão outros entes queridos como sua mãe. O governo do Ceará informa que está trabalhando em conjunto com o governo gaúcho para transportar o corpo do artista.O cantor foi socorrido pelo SAMU, na casa onde morava com a companheira Edna Prometheu, produtora cultural. A causa da morte ainda não foi divulgada. Em nota oficial, o governador cearense Camilo Santana lamentou a notícia e decretou luto oficial de três dias no Estado natal do músico.
Belchior nasceu em Sobral, no dia 26 de outubro de 1946, e gravou grandes sucessos como Velha Roupa ColoridaApenas um Rapaz Latino-Americano e Como Nossos Pais, música eternizada na voz de Elis Regina. Foi um dos primeiros cantores de MPB do Nordeste a conseguir destaque nacional, ainda nos anos 1970.
Nas redes, músicos e amigos lamentaram a morte de Belchior e o homenagearam:
fonte:http://veja.abril.com.br
Postar um comentário

Comentarios