SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 26 de junho de 2017

"Depois de ver isso você nunca mais vai comprar Uvas sem Sementes!" Depois de ver isso você nunca mais vai comprar Uvas sem Sementes!


Você também tem o hábito de, ao comer uvas, jogar fora as sementes? Saiba que está na hora de repensar essa atitude! A uva por si já é repleta de benefícios, mas o que muita gente desconhece é que as sementes que habitualmente descartamos contêm benefícios à saúde. Apesar de ser bem pequena, seu conteúdo é rico em propriedades e benefícios que devem ser levados em consideração.

Quais os benefícios das sementes?

As sementes de uva, por incrível que possa parecer, estão entre os alimentos com maior número de benefícios ao organismo. As propriedades envolvem uma quantidade bastante vasta de antioxidantes, o que faz com que seja muito benéfica contra a ação dos radicais livres, combatendo também o envelhecimento precoce da pele, dos tecidos, dos órgãos e das células, mantendo o corpo jovem.
São eficazes ainda no combate às manchas e rugas da pele, ajudando inclusive a melhorar a circulação sanguínea. Atuam na proteção do corpo contra a contaminação que possa trazer enfermidades ao corpo. Ajudam ainda a depurar o sangue quando houver um consumo excessivo de medicamentos ou álcool, e a reforçar as paredes dos vasos sanguíneos.
Depuradoras do intestino e anti-inflamatórias naturais, as sementes da uva ajudam a combater as dores da artrite, além da gastrite, sinusite e dermatite. Mantêm a saúde dos olhos, da pele e do cérebro, e melhoram a saúde do coração, sendo muito indicadas aos pacientes que sofreram ataques cardíacos.
São auxiliares na prevenção das enfermidades degenerativas, além de evitar a formação das placas nas artérias. Combate a queda dos cabelos, além de ajudar no crescimento destes. Atuam ainda como antialérgicas, anti-ulcerosas e anti-histamínicas.

Como consumir

Talvez essa pergunta possa soar um pouco estranha, porque basta comer uma uva sem se desfazer de suas sementes. Porém, não é a única forma de ingerir e aproveitar de todos os seus benefícios. Nas casas de produtos naturais é possível encontrar extratos ou cápsulas de sementes de uva.
Caso você opte por consumir direto da fruta, não se esqueça de lavá-la muito bem para tirar a sujeira e também os fertilizantes encontrados na casca. O melhor é sempre comer uvas orgânicas. Você também pode tirar as sementes da uva, lavá-las bem, deixar que sequem e adicionar às vitaminas ou sucos, sejam inteiras ou processadas.Alguns optam por hidratá-las na água durante 24 horas para que se ativem e distribuam todas as suas propriedades pelo organismo. Não se esqueça de mastigá-las muito bem, já que são de difícil digestão. A dose recomendada por dia é de 300 mg (caso você opte por capsulas).
Não tem contraindicações. As uvas podem ser um tira-gosto perfeito para quando quer comer algo doce ou uma guloseima ideal para seus filhos. Evitará que você coma tantos petiscos e se beneficiará de todas as vantagens das sementes.

Dieta da uva e de suas sementes

A fruta e suas sementes contam ainda com benefícios para quem quer emagrecer e reduzir o percentual de gordura do corpo, e por isso está constantemente presente em diversas dietas de desintoxicação.
Compre um quilo das uvas das mais escuras e escolha o dia para começar sua dieta, a qual deve durar somente 24 horas. Sempre deixe um intervalo de, pelo menos, dois meses antes de repetir a dieta.
Não misture o consumo de uva com outros alimentos: é essencial esperar 20 minutos, pelo menos, para que sejam digeridas, caso contrário, o açúcar da fruta fermentará no estômago causando mal-estar, gases e indigestão.
As uvas devem ser consumidas com as sementes e estas, por sua vez, devem ser muito bem mastigadas. No café da manhã, consuma 2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem. Além disso, coloque algumas gotas de limão em um copo de água e consuma.
Depois de 10 minutos, faça a ingestão de 1 copo de uvas frescas com as sementes, mastigando bem. Depois de duas horas, consuma mais um copo de uvas, e entre cada uma dessas doses, tome bastante água.
No almoço, consuma um prato de verduras ao vapor e um punhado de arroz integral. Depois disso, a cada 2 horas, consuma 1 copo de uvas até a hora do jantar.
No jantar, consuma um copo de sopa de verduras, uma porção de peixe e uma salada verde temperada com azeite de oliva e limão. Duas horas antes de ir dormir, consuma mais um copo de uvas.
Gostou dessa dica? Compartilhe com os seus amigos!
Postar um comentário

Comentarios