SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sexta-feira, 30 de junho de 2017

O ministro Edson Fachin revogou nesta sexta-feira, 30, a ordem de prisão do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures


O ministro Edson Fachin revogou nesta sexta-feira, 30, a ordem de prisão do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), o homem da mala preta. Ex-assessor especial do presidente Michel Temer, Rocha Loures estava preso desde 3 de junho por suspeita de recebimento de propinas da JBS.Ao mandar soltar o homem da mala, o ministro impôs condições ao aliado de Temer. Por exemplo, ele terá de permanecer em sua residência entre as 20h e as 6h.
+ Justiça manda homem da mala devolver salário
Rocha Loures ficou, inicialmente, recolhido na Papuda. Sua defesa alegou que na penitenciária de Brasília ele corria risco de vida. O ministro Fachin determinou a transferência do ex-assessor de Temer para a custódia da Superintendência da PF no Distrito Federal.
VEJA ROCHA LOURES CORRENDO COM A MALA PRETA
Na noite de 28 de abril, Loures foi filmado por agentes da Polícia Federal, em ação controlada autorizada por Fachin, correndo numa rua de São Paulo carregando uma mala preta estufada de propinas da JBS – 10 mil notas de R$ 50, somando R$ 500 mil.
O homem da mala preta entregou o dinheiro da propina à Polícia Federal. Ele e o presidente Temer foram denunciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
fonte:http://politica.estadao.com.br
Postar um comentário

Comentarios