SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Comando-geral nega pedido de informação sobre números da PM

    Operação da Polícia Militar na Mangueira
Com quantos policiais militares contamos, nas ruas e nos batalhões, por turno? E nas UPPs?
Quantos estão em licença por motivo de saúde e quantos oficiais, condenados em primeira instância, estão trabalhando? Por quais crimes respondem?
Diante do caos da segurança em que vivemos, são perguntas que qualquer cidadão fluminense gostaria de ver respondidas.
Mas o comando-geral da Polícia Militar negou o requerimento do deputado Bruno Dauaire (PR), que solicitou os dados com base na Lei de Acesso à Informação (número 12.527/2011).
Cachorro grande
Vice-presidente da Comissão de Segurança da Assembleia, Dauaire vai pedir apoio aos colegas do colegiado para pôr o Legislativo na briga. A ideia é que a Alerj vá à Justiça para obter os dados.
A PM alegou questões burocráticas para negar o pedido.
Com base no decreto 43.597/2012, que regulamentou o acesso à informação no Rio, disse que a peça deveria expressar as motivações do deputado, além de ser apresentada em formulário padrão e acompanhada de termo de responsabilidade.
FONTE:EXTRA

Postar um comentário

Comentarios