bate papo FMESPERANÇANOSSA

SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 15 de julho de 2017

PT perde o senso de ridículo e decide adotar lema “eleição sem Lula é fraude”

  
O discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após a condenação deixou claro que a estratégia do petista para tentar conter os impactos da condenação sobre sua imagem é a antecipação da campanha eleitoral. Cercado pelos principais dirigentes do partido, o ex-presidente disse estar disposto a encarar uma campanha sub júdice e até alertou o seu advogado de que terá trabalho extra ao longo do próximo ano.
O lema adotado pelos petistas agora é: “eleição sem Lula é fraude”. O ex-ministro Jaques Wagner lembrou que o ex-presidente pode se valer de uma liminar para disputar a eleição em caso da condenação em segunda instância, que o enquadraria na Lei da Ficha Limpa. Dirigentes avaliam que a sentença pode ter o efeito positivo de unir a esquerda em torno da candidatura.
O desafio para Lula até o segundo semestre do ano que vem será conter a ansiedade dos petistas. O senador Lindbergh Farias (RJ), por exemplo, não conseguiu seguir a orientação de não admitir publicamente a hipótese de plano B para 2018 e defendeu que o PT boicote uma eventual eleição sem a presença de Lula.
A informação é do jornal O Globo.
Postar um comentário

Comentarios