bate papo FMESPERANÇANOSSA

SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Justiça manda cortar as cordas vocais de todos os cachorros que “latem demais”

Justiça manda cortar as cordas vocais de todos os cachorros que 
  Resultado de imagem para Justiça manda cortar as cordas vocais de todos os cachorros que “latem demais”
“latem demais” A decisão judicial ocorreu em Pernambuco, após vizinhos reclamar do barulho que os cachorros faziam quando seus donos saiam de casa.O tribunal de Justiça de Pernambuco, decidiu que donos de cachorros que latem demais devem retirar as cordas vocais de seus cães por meio de um procedimento cirúrgico. Esse procedimento é conhecido como ‘desvocalização’ ou ‘descamação’. Esse processo ocorreu após vizinhos reclamarem dos choros incessantes dos animais. Os donos não conseguiram resolver a situação de forma pacifica, e seus cães continuaram por vários dias incomodando a vizinhança. A situação com os cães começou em 2002, quando Karen Szewc e John Updegraff resolveram adotar os cães da raça Mastim tibetano. Os vizinhos Debra e Dale Krein reclamaram do latido dos pets, que latiam o dia inteiro sentindo a falta de seus donos.
28/09/2017 Justiça manda cortar as cordas vocais de todos os cachorros que "latem demais" - http://www.sociedadeoculta.com/2017/09/28/justica-dos-eua-mandar-cortar/ 2/3 Nos anos de 2004 e 2005,foi notificado Karen por violar uma disposição do código penal regional sobre incômodos públicos. A alegação é que ela havia “permitido que dois de seus cães latissem com freqüência e longamente”, de acordo com documentos do tribunal. “Os cães são meus ‘funcionários’”, disse Karen ao jornal local . “Não temos cachorros para incomodar nossos vizinhos. Temos para proteger nossas ovelhas”, acrescentou Karen. Segundo os Kreins, os cães começam a latir às cinco da manhã. Para ter provas no tribunal Debra gravou o barulho dos cães as cinco horas da manha. Em abril de 2015, um júri acompanhou os vizinhos e ordenou que Karen e John pagassem US$ 238 mil (aproximadamente R$ 750 mil) em danos. Também em resposta ao processo, o juiz Timothy Gerking ordenou que o casal tirasse as cordas vocais dos pets, já que eles não os impediram de latir usando outros meios, como coleiras de choque. Na quarta-feira, 15, uma bancada de três juízes do Tribunal de Apelações , confirmou essa decisão. O processo de ‘desvocalização’ retira parte das cordas vocais para diminuir o volume do latido ou, em casos mais extremos, eliminar qualquer emissão de som.Diferentemente, a prática é proibida no Brasil e condenada por muitas organizações de proteção animal. Existem outros métodos que poderiam ser praticados pelos donos dos cães para minimizar o incomodo aos vizinhos, mas não foram colocados em prática.
FONTE:http://www.sociedadeoculta.com/
Postar um comentário

Comentarios