SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A palavra do homem que tem nas mãos o futuro de Lula



O desembargador João Pedro Gebran Neto é o relator na segunda instância do processo que decidirá o futuro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Esta semana ele concedeu uma entrevista para a revista Época. O ponto marcante da matéria, como não poderia ser diferente, é quando Gebran Neto é questionado sobre o caso envolvendo Lula.

A pergunta: O senhor vai decidir uma questão de grande importância para o Brasil...

Gebran Neto foi categórico: “Não trabalho com essa lógica”.

Época insistiu Qual é a lógica do senhor?

O magistrado foi perfeito:

 “Minha lógica é que tenho a minha frente processos de diversas ordens e tenho de fazer meu melhor. Tenho de ser justo, equânime e imparcial. Tenho de ser correto. Vou fazer meu melhor e aplicar o Direito dentro das limitações da minha capacidade. Faço isso no processo em que julgo um traficante, em um processo de pessoa acusada de descaminho, em um estelionato contra a Previdência e também nos processos que envolvem corrupção, lavagem de dinheiro e crimes de grande monta”.

fonte: http://www.jornaldacidadeonline.com.br


































































































































































































































































































































































































































































Postar um comentário

Comentarios