SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 11 de novembro de 2017

A Força Aérea Brasileira está sucateada? Breve análise da frota da FAB.

Olá queridos inscritos e visitantes! Ressalto que o objetivo do vídeo é analisar a situação das aeronaves, não levando em consideração o número de aeronaves em operação e se esta quantidade é suficiente, pois isto já é assunto para um próximo vídeo. Após a repercussão do vídeo divulgado na semana passada, a respeito de uma hipotética invasão do espaço aéreo, recebi muitas mensagens e comentários a respeito da atual situação da Força Aérea Brasileira (FAB). Muita gente fez críticas ao vídeo, alegando que nossa força aérea está sucateada e desaparelhada, outros teceram animados elogios à FAB e suas aeronaves e pilotos. Este vídeo serve como um complemento ao vídeo anterior, no qual veremos uma breve análise das principais aeronaves da FAB e suas respectivas capacidades, além de sua idade média e estado de conservação. Capacidade atual: Como dito no vídeo anterior, a FAB possui atualmente a maior frota da América Latina, com mais de 700 aeronaves. As principais missões da corporação nas últimas décadas vem sendo operações de busca e salvamento (SAR) e transporte para regiões isoladas. Para essas funções, a força conta com uma variedade de aeronaves e também helicópteros, de diferentes portes e desempenhos. Confira uma análise rápida da situação atual em que se encontra nossa Força Aérea. Desde já agradeço a todos. Abraços! Dúvidas ou sugestões: Nos comentários ou no facebook: facebook.com/canalaguiasdeaco


Postar um comentário

Comentarios