SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 28 de novembro de 2017

(COLUNA Fábbio Kostta)ENTÃO, QUEM SABE UM DIA... - Inspirado na poesia de uma amiga.


ENTÃO, QUEM SABE UM DIA...
- Inspirado na poesia de uma amiga.
Então quem sabe um dia, o que nos falta se realize, não pela metade, nem incompleto ou contaminado com ira, arrogância e prazer na vingança; porém, que nos chegue assim como o vento, leve e firme que só se deixa conduzir por si mesmo.
Então, quem sabe um dia, a gente tenha coragem para fazer o que nos resta. Amar e amar cada vez mais, sem nada que ofusque nossa visão, nem silencie o coração da paixão que o fez pulsar diferente um certo dia.
Então, quem sabe um dia, pereça na gente o ciúme, a tolice, a desconfiança e essas coisas que só existem para doer e magoar...
E assim, nesse dia, a gente possa sorrir e chorar, não por causa de alguém, nem por qualquer outra coisa, mas pela certeza plena de que aquele dia, que a gente dizia "quem sabe", nos pegue de repente, e nos abrace gentilmente...
...Antes da noite chegar!!
Fábbio Kostta
Postar um comentário

Comentarios