SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

sábado, 11 de novembro de 2017

Zé Dirceu mantinha esquema de propina até em Portugal

O ex-ministro José Dirceu foi verdadeiramente insaciável enquanto esteve no poder.
Qualquer possibilidade de amealhar propina, lá estava Dirceu, sempre sedento.
Com a decretação da falência do Banco Espírito Santo (BES) de Portugal, o banqueiro Ricardo Salgado, que durante 20 anos presidiu a instituição bancária, revelou que pagava propina mensal ao brasileiro.
Mensalmente R$ 100 mil eram depositados na conta do Zé.
O objetivo da propina era obter do então ministro brasileiro toda a ajuda necessária, lícita ou ilícita, para que a Portugal Telecom comprasse a ‘OI’.
A propósito, na quebra do BES, foram ‘esquecidos’ R$ 153 milhões em depósitos no banco.
Autoridades portuguesas, seguindo o caminho do dinheiro, estão na iminência de confirmar que a grana pertencia a políticos brasileiros.
O BES, como se sabe e como se vê, era muito próximo e tinha negócios com o PT.
FONTE:https://www.newsatual.com/
Postar um comentário

Comentarios