SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

EUA culpam Coreia do Norte por ataque cibernético WannaCry Esta é a primeira vez que o país acusa oficialmente Pyongyang pelo ataque que afetou 300 mil computadores de 150 países em maio deste ano

   Vírus Wannacry
O governo dos Estados Unidos acusou oficialmente a Coreia do Norte pelo ataque virtual que causou transtornos bilionários em maio deste ano. O país já era suspeito de estar por trás do vírus WannaCry, que infectou 300.000 computadores de 150 países diferentes, mas apenas agora Washington apontou formalmente Pyongyang como culpada.
A acusação partiu do assessor de Segurança Nacional americano, Tom Bossert, em um artigo publicado no Wall Street Journal em que afirma que “a Coreia do Norte foi diretamente responsável” pelo ataque. Ele deve apresentar mais detalhes em uma entrevista coletiva prevista para esta terça-feira. “Não fazemos esta acusação de modo leve. Está baseada em evidências”, escreveu, embora não tenha apresentado provas.
                                          CONSUMO INTELIGENTE
O WannaCry infectou os computadores do Serviço Nacional de Saúde britânico, obrigando 48 hospitais e clínicas de saúde a cancelarem consultas e até cirurgias. Além disso, a empresa de telecomunicações espanhola Telefónica e a empresa americana de logística FedEx também foram afetadas pelo ataque, entre muitos outros serviços. O vírus bloqueava os documentos dos usuários e os hackers exigiam de suas vítimas resgate por meio do pagamento com a moeda eletrônica bitcoin para liberar as máquinas.
O ataque WannaCry se propagou rapidamente por todo o mundo aproveitando uma falha do sistema operacional Windows XP. “Estas perturbações colocaram vidas em risco”, completou Bossert. “A Coreia do Norte atuou de modo especialmente mau, em grande parte não monitorada, durante mais de uma década, e seu comportamento malicioso é cada vez mais escandaloso. O WannaCry foi indiscriminadamente imprudente”.
Bossert afirmou  
               LOJA VIRTUAL CLIK NA IMAGEM QUE SERA DIRECIONADO
                             GRUPO HINODEque Washington deve liderar os esforços de cooperação com outros governos e empresas para “mitigar o risco cibernético e aumentar os custos para os ‘hackers’”, além de melhorar a segurança da internet.
Postar um comentário

Comentarios