SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

MEMORANDO DE FÉ. SIM, SOMOS A IGREJA..(Fábbio Kostta e família)

   A imagem pode conter: atividades ao ar livre
SIM, SOMOS A IGREJA...
...Não um prédio ou templo ostentoso como aquele que levou seus sacerdotes religiosos fariseus conspirar e matar a Jesus dizendo defender e proteger um templo de pedra. Não vemos razão para copiar esse tipo de tradição hipócrita mantida por ignorância ou más intenções.

Sim, temos um púlpito, mas não desses que são como palcos para que alguém se destaque entre nós como se houvesse superioridade em si mesmo, porque segundo Deus, somos todos irmãos. Nosso púlpito e altar é o nosso próprio coração.

Sim, temos pastor, mas É o Espírito Santo e não alguém com cargo indicado, com certificado e carteirinha, nem mesmo quem se diz formado por teologias humanas, criadas com técnicas para convencer e manipular inocentes e ignorantes e quase sempre são venerados e o que fala é levado mais em consideração que o que está na Bíblia.

Sim, seguimos ensinamentos bíblicos, de acordo com o ensinamento dos apóstolos que aprenderam com Jesus e está muito bem explicado nas Escrituras e não por meio de doutrinas fantasiosas apresentadas por aqueles que colocam jugos pesados sobre as pessoas para torná-las escravas e tirar vantagens com isso.

Sim, amamos e cremos em Jesus Cristo, mas não esse personagem vendido como garoto propaganda de instituições religiosas que não passam de empresas comerciais disfarçadas que usam o nome do Senhor simplesmente para validar seus produtos e eventos.

Sim, cremos em dons e ministérios, mas naqueles que Pedro diz em sua pregação e que Paulo nos apresenta em sua carta aos efésios, que são distribuídos pelo Espírito a todos os membros para que cooperem uns com os outros na edificação do corpo de Cristo, e não como profissão remunerada nem como especialidades aprendidas para que alguns sejam tratados como melhores e superiores aos demais irmãos.

Sim, cremos que devemos orar por todos os homens, mas não nos unimos a política, nem as artimanhas do mundo, para não misturarmos práticas comerciais, imundas e lucrativas usando irmãos para vender nossos produtos, como acontece no sistema mundial, para não ofuscar nem deturpar nem ridicularizar o testemunho e a verdade do evangelho, pois respeitamos o sofrimento e a seriedade do Senhor em Sua Obra para nos libertar do apego e da manutenção de tudo o que estimula e sustenta a injustiça.

Sim, louvamos o Senhor, mas não o louvamos como se fôssemos estrelas da indústria musical, com seus ricos empresários e seus golpes de marketing e seus palcos caríssimos que cobram muito dinheiro por cada mídia gravada ou apresentação, como shows promovidos pelo sistema visando lucrar em cima da plateia que paga caro para ter acesso. Há quem diga que suas músicas são para louvar a Deus, mas tem até fã clube e fazem culto a si mesmos.

Mas entendemos que cada um segue conforme sua vocação e de acordo com o que alcançou, logo, a ninguém julgamos seja lá quais forem suas práticas.

Respeitamos a todos os irmãos e oramos para que o Senhor ilumine os olhos dos corações de todos aqueles que buscam a verdade e encontrem em Cristo a verdadeira liberdade, cura e salvação e que o próprio Senhor revele em mentes e corações o verdadeiro sentido de Sua Obra e Ministério sobre a terra para salvação e libertação da humanidade por Seu ato de sacrifício e amor divino.

Fábbio Kostta e família
Postar um comentário

Comentarios