SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

domingo, 10 de dezembro de 2017

Mourão é exonerado por denunciar “balcão de negócios de TEMER” e declarar apoio a BOLSONARO

   
O Exército destituiu o general Antonio Hamilton Mourão do cargo de secretário de Economia e Finanças do Comando do Exército. O general fez críticas ao governo do presidente Michel Temer, e por conta disso deve ficar ligado à secretaria geral do Exército, sem função específica.
Mourão já tinha apoiado o impeachment da Dilma e agora defendeu a candidatura de Bolsonaro a presidência, mas a gota d’água foi a acusação de que o presidente Michel Temer montou um verdadeiro balcão de negócios no seu governo, uma verdade sem contestação.
Depois do mensalão de Lula, Petrolão de Dilma, estamos na versão “cargos e verbas milionárias por deputados e senadores”, para salvar este governo de investigações de corrupção.
Em setembro, ele já tinha se envolvido em “polêmica”, quando, também em uma palestra, disse que se o Judiciário não retirasse corruptos da vida pública, os militares deveriam agir. Nesta quinta, ele voltou a falar em intervenção militar. Ainda de acordo com o Exército, Mourão vai entrar para a reserva no final de março de 2018.

FONTE:http://fernandofrancischini.com.br
Postar um comentário

Comentarios