SIGA-ME

SIGA-ME

Seguidores da revista

Clima Tempo

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Organização criminosa comandada por Lula faz graves ameaças aos magistrados do TRF-4, diz presidente da Associação dos Juízes

  
O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, confirmou as graves ameaças sofridas por membros do Tribunal que irão julgar o recurso do ex-presidente Lula no dia 24 de janeiro. — São ameaças graves, de deterioração de patrimônio público, ameaça aos magistrados, declarou Veloso. Além de condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula é réu em sete ações penais e apontado como chefe de organização criminosa em um inquérito que tramita no STF. Os autores das ameças aos magistrados integram uma rede de ativistas ligados ao PT, partido identificado como organização criminosa devido o altíssimo número de integrantes presos, indiciados e investigados por crimes relacionados a corrupção e desvios dos cofres públicos.
01/2018 Organização criminosa comandada por Lula faz graves ameaças aos magistrados do TRF-4, diz presidente da Associação dos Juízes | I…  — As ameaças não são frequentes. Esse caso é que está tomando uma proporção que nunca se tomou no Brasil. É um caso de proporções novas e de grandes proporções, que se está querendo com a convocação de militantes, da população para haver uma pressão e até se chegar às vias de fato. Isso é o que não podemos conceber — disse, completando: — Se nós temos julgamentos em que o que conste não seja a prova dos autos e sim a pressão que se exerce sobre a magistratura, não estamos mais em um Estado democrático de direito, mas um Estado de opressão, reclamou Roberto Veloso
fonte:http://www.imprensaviva.com
Postar um comentário

Comentarios