sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Rio de Janeiro chega a 131 policiais mortos em 2017 Último caso aconteceu em Paraty, quando o cabo Eduardo Caetano Neto levou três tiros em uma boate

Cabo Eduardo Caetano levou três tiros, em Paraty F
O Rio de Janeiro não para de chorar pelas constantes mortes de policiais militares em 2017. Na noite desta quinta-feira (21), o cabo Eduardo Caetano Neto não conseguiu resistir aos ferimentos de três tiros e morreu no Hospital da Praia Brava, em Angra dos Reis.
                                     

                                 CONSUMO INTELIGENTE


O policial estava internado na unidade de saúde desde o dia 3, após ser alvejado na porta de uma boate, em Paraty. Com a morte de Eduardo, o número de agentes mortos em todo o estado durante o ano chegou a 131.
                LOJA VIRTUAL CLIK NA IMAGEM QUE SERA DIRECIONADO
                            GRUPO HINODE
De acordo com a PM, ele foi chamado por um homem do lado de fora do estabelecimento. O assassino disparou os tiros e um deles perfurou o pulmão do cabo. A corporação ainda está investigando o caso, já que o homem que efetuou os disparos conseguiu fugir do local.
Eduardo Caetano Neto foi candidato a vereador em Paraty, em 2016, mas não conseguiu votos para ser eleito.
FONTE:https://pleno.news

Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios