terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Sérgio Moro está de volta e nova sentença estremece corruptos

   
O juiz federal Sérgio Moro está voltando aos trabalhos da Lava Jato e novas informações virão.
O juiz federal Sérgio Moro está voltando aos trabalhos depois de um breve descanso. Nos próximos dias, mais um processo estará sendo finalizado e mais uma sentença será proferida. As vítimas dessa vez são o ex-diretor da Petrobras Renato Duque e o ex-vice-presidente da construtora Camargo Corrêa Júlio Gerin de Almeida Camargo.
Os dois estão envolvidos em um esquema criminoso e que trouxe informações preciosas para os investigadores. Conforme as acusações, por intermédio de Camargo, Duque recebeu R$ 12 milhões de propina em um contrato fraudulento que envolve a Refinaria de Araucária, no estado do Paraná.
Eles são acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.A situação do ex-diretor da estatal ainda é pior. Ele já foi condenado seis vezes pelo juiz e suas penas somam 73 anos de prisão.
Ataques
O magistrado tem sido vítimas de muitos ataques nos últimos dias. Os petistas estão inconformados e preocupados com uma possível prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, diante disso, tentam ofender o juiz.
A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, chegou a ser ridicularizada por um jornalista americano após culpar Sérgio Moro e o procurador da República e coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, por proporcionarem que a Petrobras pagasse uma ação milionária para investidores americanos. O jornalista Brian Winter, do jornal “Americas Quartely” disse, em tom de ironia, que a presidente do PT está revoltada com a Lava Jato por não recuperar todo o dinheiro que o partido dela roubou.
A realidade é que os membros do partido estão receosos com o futuro do PT. Se Lula ficar inelegível, o partido teria sérias dificuldades de conseguir alguém para disputar as eleições. Gleisi também tem temor de perder o foro privilegiado e chegou a dizer a um aliado que pode ser presa no começo do ano que vem, caso perca o foro especial.
Julgamento
O ex-presidente Lula ainda não sabe se vai comparecer à Porto Alegre (RS) para acompanhar o julgamento de seus recursos no dia 24 de janeiro. Existe a possibilidade de ele acompanhar tudo de longe. Lula já foi condenado a nove anos e seis meses de prisão e terá o veredito final no Tribunal Regional Federal da 4° Região.
Alguns membros do partido já falam que o petista ficará em São Paulo e, após o julgamento, irá para uma manifestação na Avenida Paulista. Como no Sul o PT não possui tantos apoios, a tendência é Lula se distanciar mesmo dessa região.
SUB-FONTE:https://www.newsatual.com/
Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios