quarta-feira, 25 de julho de 2018

Até o momento, ninguém no MST ou no PT se dispôs a fazer greve de fome por Lula. Nem com a promessa de medalhas


Embora tenha negado, o ex-presidente Lula chegou debater com um grupo restrito a possibilidade de fazer greve de fome caso fosse preso, por volta do final de março e início de abril. A informação, segundo a Folha, é de um de seus amigos mais próximos.

Dirigentes de movimentos sociais como o MST chegara a afirmar que, caso o STF não reverta a decisão sobre a manutenção da prisão de condenados após segunda instância até setembro, um grupo de militantes dará início à uma greve de fome em apelo à libertação do ex-presidente Lula. Segundo o Painel da Folha, "O protesto será deflagrado no fim deste mês e tem o respaldo da direção do partido. Os manifestantes prometem acampar em Brasília até que a situação do petista seja reavaliada".

Da cadeia, Lula também prometeu entregar, assim que for solto, uma medalha para cada militante que estivesse acampado no entorno da sede da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso.

Até o momento, ninguém no PT ou MST apresentou os 'heróis' que estariam dispostos a fazer greve de fome até a liberdade de Lula. 

FONTE:http://www.imprensaviva.com/
Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios