quinta-feira, 5 de julho de 2018

Estudo aponta que Brasil levará 54 anos para ‘entrar nos trilhos’

No ritmo atual, esse é o tempo que o país levará para concluir projetos prioritários do modal ferroviário

Por: Isabela Alves

No ritmo atual, o Brasil levará 54 anos para concluir os projetos prioritários que atendam às necessidades ferroviárias do país. Ao todo, o país deveria investir R$ 281,7 bilhões em 213 obras ferroviárias, além da construção de 72 terminais intermodais de carga com integração ferroviária e da ampliação de outros sete.
Os dados são do estudo ‘Infraestrutura – oportunidades, desafios e tendências para 2025’, da consultoria Grant Thornton. Atualmente, segundo o estudo, o país tem 29.291 quilômetros (km) de ferrovias em 22 Estados. No entanto, as linhas não se conectam, levando apenas de ponto a ponto, o que torna o transporte ferroviário menos versátil.
De acordo com a pesquisa, entre 2007 e 2016 houve um crescimento de 23,54% do volume de vagões em circulação e um aumento de 32,68% do volume de toneladas por quilômetro útil, o que representa um “expressivo crescimento” do modal ferroviário, que serve principalmente para o transporte de commodities e para mercadorias do agronegócio.
Já para o transporte de passageiros, o modal apresentou crescimento de 49,58%, o que é considerado um avanço pequeno, em comparação ao crescimento do modal rodoviário no mesmo período.
FONTE:http://observatorio3setor.org.br/
Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios