quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Advogado de Lula vira réu na Lava Jato por crime de lavagem de dinheiro. O zelador tinha razão


Um dos principais integrantes da defesa do ex-presidente Lula, o advogado criminalista Roberto Teixeira, acaba de se tornar réu na Lava Jato acusado pela Procuradoria da República, no Paraná, por crime de lavagem de dinheiro. O "compadre" de Lula está por trás de praticamente todas as transações suspeitas do ex-presidente envolvendo seus imóveis.


O juiz federal Sérgio Moro aceitou a denúncia contra Teixeira e argumenta em seu despacho que há indícios de que o compadre de Lula ‘participou, conscientemente, da aquisição em nome de pessoas interpostas de dois imóveis para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva’. Na decisão que colocou os oito acusados no banco dos réus, o magistrado afirmou que ‘a condição de advogado de Roberto Teixeira não o imuniza contra a imputação’.

Moro foi direto ao associar Teixeira aos crimes de Lula: "O advogado não age como tal, ou seja, não age em defesa de seu cliente ou para prestar-lhe assistência jurídica, mas sim como associado ao crime.”

“Não ignora este Juízo a necessidade de se proteger juridicamente a relação entre cliente e advogado, mas não há imunidade desta relação, conforme jurisprudência consolidada nos tribunais pátrios, bem como assim se procede no Direito Comparado, quando o próprio advogado se envolve em ilícitos criminais, ainda que a título de assessoramento de seu cliente, havendo fundada suspeita no presente caso em relação às condutas de Roberto Teixeira”, observou o juiz da Lava Jato.

Moro anotou que ‘a proteção jurídica restringe-se à relação entre advogado e cliente que seja pertinente à assistência jurídica lícita, não abrangendo a prática de atividades criminosas’.
“Nessa última hipótese, o advogado não age como tal, ou seja, não age em defesa de seu cliente ou para prestar-lhe assistência jurídica, mas sim como associado ao crime”, afirmou.
FONTE>>>mprensaviva
Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios