quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Lula só conseguiu seis militantes (do MST) para fazer greve de fome por ele. Ninguém do PT topou



Preso em Curitiba desde 7 de abril, após ter sido condenado em segunda instância pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP), o ex-presidente Lula teria cogitado fazer uma greve de fome para evitar sua prisão. O PT debateu o assinto, mas o negócio ficou só na conversa.

Desde então, apoiadores do petista, como o líder do MST, João Pedro Stédile, vinham tentando convencer militantes no sentido de participar de uma greve de fome por Lula. Ninguém no PT se prontificou a participar do protesto. Apenas seis militantes do MST encararam o desafio. Da cadeia, Lula teria ficado profundamente decepcionado com a baixa adesão ao movimento. Nesta terça-feira, os seis manifestantes que pedem a libertação do ex-presidente Lula anunciaram o início de uma greve de fome em ato no STF (Supremo Tribunal Federal). Após lerem um manifesto, os seis ativistas foram retirados da frente do prédio por seguranças da corte, por volta das 16h30.

Ao contrário do esperado pelos organizadores, o número de interessados em fazer a greve de fome por Lula ficou bem abaixo das expectativas e o protesto não tem atraído a atenção desejada
fonte:http://www.imprensaviva.com
Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios