sábado, 1 de dezembro de 2018

Pastor chama necessitados e endividados para pegar dinheiro da oferta Atitude foi chamada de "imprudente" por teólogo reformado.


Uma decisão do pastor John Gray, da megaigreja Relentless Church, em Greenville, na Carolina do Sul (EUA), gerou controvérsia entre os membros. Em seu sermão na semana passada, no dia de Ação de Graças, depois da oferta, ele estimulou os membros que tirassem dinheiro das cestas de ofertas, caso estivessem com dificuldades econômicas.
Enquanto muitos traziam seus dízimos e ofertas até o altar, alguns retiraram a quantia que consideravam necessário. Gray havia chamado as “mães solteiras”, as “viúvas”, os “endividados” e os “necessitados”.
“Peguem apenas o que vocês precisam”, disse o pastor, sendo aplaudido pelos fiéis presentes.
Ele criticou ainda os pastores que só dizem “dê, dê” e nunca compartilham com os pobres quando há “sobras” de caixa. “Temos muitos cafetões de púlpito que querem tirar gordura das pessoas, mas não querem satisfazer as necessidades das pessoas pobres. Eu gostaria que pudéssemos fazer mais, mas isso é o melhor que podemos fazer agora”, assegurou.
Em seu sermão, Gray enfatizou ainda que “o papel da igreja … não é apenas receber do povo de Deus, mas satisfazer as necessidades do povo de Deus”.  O pastor deixou claro que estava seguindo uma orientação do Senhor, baseado no texto da multiplicação dos pães em Mateus 14, quando toda a multidão se fartou e os apóstolos ainda tinham cestos com as “sobras”.
Enfatizou ainda que pretende, no futuro, poder ajudar pessoas carentes da igreja de outras maneiras, comprando casas para quem não tem dificuldades de pagar o aluguel.
O assunto foi comentado por vários teólogos. Alphonza Gadsden, do Seminário Teológico Memorial da Carolina do Sul, comemorou a atitude e destacou que a Igreja deveria estar fazendo mais para ajudar os necessitados.
“Ele conta que foi levado pelo Espírito de Deus para fazer isso, acho que é um gesto memorável”, comentou Gadsden. “Acredito que a igreja precisa desempenhar um papel mais ativo dentro da comunidade e, se isso significa ajudar aqueles dentre nós que estão passando por dificuldades”.
Zachary Groff, professor no Seminário Teológico Presbiteriano de Greenville, elogiou o gesto de Gray, mas tem reservas contra a administração “imprudente” de assistência aos necessitados.
“Na tradição teológica Presbiteriana e Reformada, temos uma alta consideração pela função diaconal da igreja. Levamos muito a sério o exemplo dado pela igreja apostólica ao cuidar das viúvas e dos órfãos e dos necessitados, tanto dentro da comunidade de fé, como também os de fora da igreja. Porém, é preciso ter muita cautela em usar esse método de distribuição na igreja”, disse ele.
“Na verdade, parece um movimento bastante imprudente da Relentless Church”, avalia, dizendo que o ideal é que haja dentro da igreja um ministério que tenha seu próprio orçamento e identifique as necessidades reais das pessoas e as supra utilizando critérios claros.
FONTE:https://noticias.gospelprime.com.br
Assista!





Postar um comentário

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios