quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Meninas deixam carta dizendo que iriam para ‘desafio’ e desaparecem; história chocante


rês meninas, com idades entre 11 e 12 anos, desapareceram na cidade de Maringá, após terem deixado uma carta onde insinuam que estariam indo cumprir um suposto ‘desafio’.
O desaparecimento das crianças ocorreu após Evelyn de 11 anos, ter ido dormir na casa de Luana e Yasmin, de 12 e 11 anos, respectivamente. Na manhã desta quarta-feira, dia 2, foi constatado o desaparecimento das garotas.
De acordo com os pais, as três disseram que ficariam uma semana fora de casa, para que pudessem cumprir um desafio. Essa informação está na carta deixada antes de desaparecerem.
As meninas teriam aproveitado o momento em que a mãe de duas delas saiu de casa para fazer algumas compras no mercado. Ao retornar a mulher já não encontrou mais as crianças em casa. 
Osvaldo dos Santos, que é pai de Evelyn, disse que o irmão mais novo das duas garotas  afirmou que o trio se despediu e saiu da casa. Nas câmeras de segurança do condomínio, é possível ver as garotas saindo do local, portando uma mochila cada uma.
Até o momento não se sabe o que as garotas quiseram dizer com o suposto ‘desafio’, nem para onde teriam ido. Os pais temem pelo pior, sobretudo pelo retrospecto assustador de jovens que teriam entrado nestes supostos desafios, havendo até mesmo casos de suicídio e mutilações.
Fato o acesso das crianças ao mundo virtual pode ser extremamente perigoso, principalmente pela inocência que pode levar a criminosos se aproveitarem da situação. É muito difícil controlar o que os filhos fazem no mundo virtual, mas o acompanhamento rigoroso do conteúdo acessado deve ser feito por parte dos pais. FONTE:https://www.1news.com.br

0 comentários:

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios