quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Morte cruel do pai de Isabelle Drummond choca o Brasil e teria levado apoio a Bolsonaro

A atriz  Isabelle Drummond foi criticada após postar uma mensagem na internet, que foi vista como apoio ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. A mensagem era simples e desejava apenas um país melhor e trazia a bandeira nacional, uma das marcas do líder do PSL. 
Apesar das críticas, pouca gente conhece a história de vida de  Isabelle Drummond. A atriz foi vítima de uma tragédia pessoal, quando o seu pai faleceu. A morte choca até hoje o Brasil pelo modo como aconteceu. Em 2007, o pai  da atriz, Fernando Luiz Drummond Xavier, foi assassinado. 
Naquela época, a atriz ainda estava no seu início de carreira, fazendo trabalhos como o ‘Sítio do Picapau Amarelo’. O pai da famosa era gerente de um posto de gasolina, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, quando o local foi alvo de um  grande assalto.
Bandidos entraram no posto e, além de roubarem o local, mataram o pai da atriz. Ele levou dois tiros no rosto. De acordo com fãs da atriz, esse teria sido o motivo da sua dor e revolta com criminosos, compartilhando das mesmas ideias que Jair Bolsonaro quanto à criminalidade. Ela, que ficou conhecida ao interpretar a boneca Emília na série infantil Sítio do Pica-Pau Amarelo, tinha apenas 12 anos na época.
Após o episódio voltar à tona, muitos fãs mandaram mensagens falando que entendem a atriz e que é mesmo necessário fazer algo contra toda a violência que atinge o país. O nome de Isabelle ficou entre os assuntos mais comentados da internet na quarta-feira, 2, por conta da sua suposta associação com Bolsonaro. 
FONTE:https://www.1news.com.br/

0 comentários:

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios