sexta-feira, 24 de maio de 2019

Trabalhadores da fábrica Moto Honda gritam “Lula preso” para Haddad em Manaus Ele chegou em Manaus com “Caravana Lula Livre” na manhã desta quinta-feira(23)


O ex-candidato a presidência da República, Fernando Haddad (PT), derrotado nas eleições do ano passado, chegou em Manaus com “Caravana Lula Livre” na manhã desta quinta-feira(23), para cumprir a agenda da comitiva.
No entanto, em um dos primeiros compromisso da manhã de hoje que foi visita a fábrica Moto Honda, no Distrito Industrial de Manaus, o petista encontrou resistência e ouviu de alguns trabalhadores gritos de “Lula preso”, em referência ao ex-presidente Lula, que está detido desde 7 de abril de 2018 na sede da Polícia Federal em Curitiba. A informação é do Portal A Crítica.
Haddad também criticou o presidente Jair Bolsonaro (PSL), e classificou sua gestão como retrocesso. “Nossa bancada está no Congresso atuando para impedir todos retrocessos do governo Bolsonaro”, disse.
O petista cumpre agenda em Manaus até as 17h, onde ainda visitará os portos da Ceasa e São Francisco, passando pelo Encontro das Águas e Universidade Federal do Amazonas.

0 comentários:

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios