sábado, 15 de junho de 2019

Lula é ladrão, confirma STJ

Além de reduzir pena do petista, terceira instância manteve condenação da primeira e da segunda, negou transferi-lo para justiça eleitoral e que Moro se teria mostrado parcial ao aceitar ministério de Bolsonaro.
Por unanimidade, a 5.ª Turma do STJ reduziu a pena de Lula, mas, no mesmo julgamento, reconheceu que ele, de fato, é ladrão e lavador de dinheiro, como foi sentenciado por Moro na primeira instância e pelo TRF-4 na segunda, ao recusar todos os outros pedidos de sua defesa. A pena inicial de 9 anos e meio caiu para 8 anos e 10 meses, ou seja, só 8 meses menor. Além disso, manteve as condenações nas duas instâncias, negou a remessa dos autos para a Justiça Eleitoral e a alegada parcialidade do juiz Moro por ter aceitado ser ministro da Justiça de Bolsonaro, adversário do réu. É o que se chamava antigamente de barba, cabelo e bigode. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

0 comentários:

Atenção

* A Revista Esperançanossa- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperançanossa

Comentarios